Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Veja vídeo

Rodrigo Maia diz achar que Bolsonaro é gay: 'Ele não consegue assumir'

Ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia colocou em dúvida a orientação sexual do presidente e foi contestado pelo ex-deputado Jean Wyllys.

Para o deputado, Bolsonaro não se assumiu devido à sua formação militar. "Muito atrasada (reduto militar) neste aspecto da orientação", afirmou Maia. (Foto: Reprodução)

Por

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (sem partido) polemizou sobre a orientação sexual do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Para o deputado, adversário político do presidente, Bolsonaro 'não tem coragem de assumir'.

Maia justificou a afirmação baseado em discursos e posicionamentos do presidente. Em entrevista ao podcast 'Derrete Cast', na noite desta quinta-feira (2/9), o parlamentar disse que o chefe do Executivo Federal 'não admira' as mulheres, apenas homens.

Para o deputado, Bolsonaro não se assumiu devido à sua formação militar. "Muito atrasada (reduto militar) neste aspecto da orientação", afirmou Maia.

"Eu tenho uma grande dúvida (se o Bolsonaro é gay). Eu acho que é. Não tem nenhum problema", iniciou Rodrigo Maia, ressaltando ter 'muitos amigos' gays assumidos, citando, inclusive, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), que se assumiu homossexual recentemente.

"Falo sério"

Segundo o deputado, 'não tem uma mulher que ele (Bolsonaro) admire, ele não gosta'. "Qual é o problema? Não estou brincando. Acho que esse debate tem que fazer. Ele não consegue assumir o que ele é. Falo sério. As pessoas acham que falo brincando, mas depois me dão razão", disse, destacando que, como o mandatário "tem formação militar, que é muito reacionária, muito atrasada neste aspecto da orientação, ele prefere dizer que é machão".

Reação

A declaração de Rodrigo Maia teve forte reação, incluindo de um ferrenho opositor do presidente e do bolsonarismo. O ex-deputado federal Jean Wyllys (PT), homossexual assumido, discordou da suposição de Maia ao apontar que o presidente é 'seguramente misógino, sexista e machista', além de ser 'homofóbico'. "Mas não um gay. Ser gay tem a ver com o orgulho de ser", afirmou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Auxílio Brasil deve beneficiar 17 milhões de pessoas, diz ministro

Homem leva mata-leão após xingamento homofóbico em Santa Catarina

Qualidade de vida do brasileiro piorou durante a pandemia, diz pesquisa

Motorista de aplicativo é espancado após briga com cliente