Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Execução

Três pessoas morrem e três ficam feridas em tiroteio em um posto de saúde de Fortaleza

Durante a ação, um dos alvos correu para dentro da unidade de saúde e outro em direção à avenida.

Ainda de acordo com as informações coletadas no local do crime, os homens que foram executados utilizavam tornozeleira eletrônica. (Foto: Reprodução/R7)

Por

Na tarde desta quarta-feira (18), três pessoas morreram e, pelo menos, três ficaram feridas durante um tiroteio no posto de saúde Doutor Edmar Fujita, localizado na Avenida Alberto Craveiro, em Fortaleza. Segundo informações preliminares, um carro branco chegou ao local e um homem armado atirou em dois outros homens que estavam fora do posto.

Durante a ação, um dos alvos correu para dentro da unidade de saúde e outro em direção à avenida. Com os tiros, três homens morreram: os dois alvos da execução e também um outro homem de 59 anos, identificado como Francisco Regino Alves do Nascimento, mestre de obras, que estava no posto em busca de atendimento. Além disso, pelo menos, três mulheres ficaram feridas. Entre elas, uma senhora de 64 anos que foi atingida no peito e socorrida pela polícia.

Investigação do tiroteio de posto saúde em Fortaleza          

Ainda de acordo com as informações coletadas no local do crime, os homens que foram executados utilizavam tornozeleira eletrônica. Um deles morreu dentro do posto de saúde e outro no canteiro da avenida Alberto Craveiro. Vale ressaltar que a unidade de atendimento fica próxima a uma delegacia. A equipe policial já investiga o caso e contará com a ajuda das câmeras de segurança do posto de saúde para identificar os suspeitos.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Funcionárias denunciam presidente da Caixa por assédio sexual

CPI do MEC: Líder do governo no Senado diz que vai ao STF caso comissão seja instalada

Brasil tem menor taxa de homicídios em dez anos, diz anuário

Para Queiroga, crianças estupradas devem ter direito de manter gravidez