Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

Usando máscara, Bolsonaro chega à sede da ONU, onde fará discurso de abertura

Todos usavam máscaras de proteção contra o coronavírus — uma das exigências para o evento que reúne nesta terça-feira (21) as principais lideranças mundiais.

Uma hora antes do início da Assembleia, o clima era tranquilo nas ruas perto da sede da ONU, em Nova York. (Foto: Reprodução)

Por

FOLHAPRESS — O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou há pouco à sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, do filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e de outros membros de sua comitiva.

Todos usavam máscaras de proteção contra o coronavírus — uma das exigências para o evento que reúne nesta terça-feira (21) as principais lideranças mundiais.

Uma hora antes do início da Assembleia, o clima era tranquilo nas ruas perto da sede da ONU, em Nova York. Policiais montaram barreiras nas ruas próximas, e não havia manifestantes perto das principais entradas.

Bolsonaro abre a 76ª sessão da Assembleia-Geral, com um discurso que tem o desafio de conciliar a tentativa de melhora da imagem do país, especialmente nos quesitos pandemia e meio ambiente, ao mesmo tempo em que tenta atender a apelos das alas mais moderadas da diplomacia brasileira sem deixar de acenar a sua base ideológica.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Idoso aposentado há 45 anos ganha bolo temático no Rio: 'Terror do INSS'

Cármen diz que PGR não está 'fora de supervisão' e cobra detalhes de ações contra Bolsonaro

Oposição decide ser contra PEC dos Precatórios, e governo já não conta mais com votação nesta terça

CPI da Covid pede indiciamento de 81; veja quem é quem e seus possíveis crimes