Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Humilhação

Veja vídeo: Entregador de aplicativo sofre ofensas racistas em condomínio de São Paulo

A empresa iFood afirmou, por meio de nota, que descadastrou o usuário racista e oferecerá à vítima apoio jurídico e psicológico.

Por

O vídeo de um entregador de aplicativo sofrendo agressões racistas por parte de um morador de um condomínio de casas em Valinhos (SP) viralizou nas redes sociais nesta sexta-feira (7). Nas imagens, é possível ver que o homem ofende o profissional e diz que ele tem “inveja disso aqui”, apontando para a própria pele.

De acordo com o jornal EPTV, da TV Globo, o profissional registrou um boletim de ocorrência para denunciar o caso que aconteceu no dia 31 de julho. No dia do ocorrido, a Guarda Municipal foi chamada e encaminhou todos para a Delegacia de Valinhos.

“Você tem inveja disso aqui (do condomínio), você tem inveja dessas famílias, você tem inveja disso aqui (da minha cor). Você nunca vai ter”, diz o homem na gravação. Ainda durante a discussão, o rapaz é chamado de “semianalfabeto” pelo morador.

As imagens do episódio foram divulgadas nas redes sociais. O vídeo inicia com o homem, branco, ainda não identificado, xingando o entregador. “Seu lixo. Isso aí mesmo, pode meter racista, que também estou em cima de você”, disse.

A empresa iFood afirmou, por meio de nota, que descadastrou o usuário racista e oferecerá à vítima apoio jurídico e psicológico.

“Racismo é crime. Nós, do iFood, condenamos qualquer forma de preconceito ou discriminação e por isso nos solidarizamos com o entregador Matheus, vítima do crime racial praticado por um consumidor na cidade de Valinhos”, diz a empresa.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Bolsonaro sanciona lei com pena maior, de até cinco anos, para maus-tratos contra cães ou gatos

Em meio a polêmica, ministro veta divulgar cloroquina em 'dia D' contra Covid

Bradesco, Banco do Brasil e Sompo pedem desligamento da Líder, gestora do DPVAT

'Se nada faço, sou omisso; se faço, estou pensando em 2022', diz Bolsonaro sobre Renda Cidadã