Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Inusitado

Veja vídeo: "Moto assombrada" anda sozinha em estacionamento de Londrina e viraliza

Dono do veículo acredita mais na hipótese de uma pane no sistema.

Por

Um vídeo de uma câmera de segurança de um estacionamento em Londrina, no norte do Paraná, captou o momento em que uma moto anda sozinha até desligar. As imagens do registro feito no dia 28 de agosto viralizaram nas redes sociais. 

Inicialmente, a moto aparece parada, estacionada em uma vaga. Momentos depois, ela começa a andar devagar, fazendo uma pequena volta. Com os movimentos, o sensor de luz do estacionamento se ativa, iluminando o ambiente. Em seguida, ao se aproximar de um carro, a moto, digna de filme de terro e assombração, para e cai no chão. 

Em entrevista ao portal G1, o dono da moto, Darcy Furquim, contou que deixou o veículo no estacionamento às 19h, como faz todos os dias quando chega do trabalho. Quando precisou usar a moto novamente, ele a encontrou caída no chão e, por isso, foi checar as imagens das câmeras de segurança.

O motociclista lembrou que tinha tirado a chave da ignição, mas levanta a hipótese de que talvez possa ter deixado o veículo engatado. "É uma situação que foge da normalidade, mas não é uma situação que é um fantasma, um espírito, acredito. Deve ter sido uma pane", opinou Darcy.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Show de dupla sertaneja é interrompido após palco pegar fogo em SP

Homem é atacado por jacaré em lago de Campo Grande

Tempestade de poeira e chuvas atingem Centro-Oeste e assustam moradores

Rio dispensará uso de máscara em local aberto, mas estado mantém exigência