Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Nesta segunda

Vídeo mostra queda de avião monomotor em Belo Horizonte

Na decolagem do avião, é possível ver uma fumaça pouco densa, de uma queimada pequena ao lado do aeroporto e que não tem relação com o acidente.

O vídeo foi publicado pelo perfil "Clima ao Vivo" no Youtube e tem, ao todo, 1 minuto e 46 segundos (Foto: Reprodução)

Por

Um vídeo publicado em rede sociais mostra o momento da queda do avião monomotor no bairro Caiçara, Região Noroeste de Belo Horizonte. Até a publicação desta reportagem, três pessoas haviam morrido e outras três foram socorridas em estado gravíssimo.

O vídeo foi publicado pelo perfil "Clima ao Vivo" no Youtube e tem, ao todo, 1 minuto e 46 segundos. Na decolagem do avião, é possível ver uma fumaça pouco densa, de uma queimada pequena ao lado do aeroporto e que não tem relação com o acidente.


Imediatamente após a queda do avião, já no bairro Caiçara, vê-se uma a fumaça preta e espessa que, momentos depois, podia ser vista de vários pontos de Belo Horizonte.

A aeronave caiu no mesmo local onde um outro monomotor também caiu em abril deste ano. Uma pessoa morreu no acidente. O local da queda fica a 1,3 quilômetro da cabeceira do Aeroporto Carlos Prates, que opera voos particulares e é dedicado à formação de pilotos. A aeronave tinha acabado de decolar do terminal, com destino a Ilhéus (BA).

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Reformas vão tornar Brasil mais atrativo a negócios, diz Bolsonaro

Polícia identifica 253ª vítima da tragédia em Brumadinho

Homem tenta atirar mais de cinco vezes contra esposa, e arma falha; cena foi flagrada por câmeras

Ao mudar de partido após dissidência, Bolsonaro cria situação inédita na República