Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Objetos

Violão de Marília Mendonça e outros pertences são retirados de aeronave

O violão da artista está entre os objetos recuperados dentre os destroços do avião. Tudo será entregue às famílias.

O violão da cantora foi recuperado do local do acidente (Foto: Reprodução)

Por

Os pertences da cantora Marília Mendonça e das outras quatro vítimas que estavam no avião bimotor que caiu na zona rural de Caratinga, no interior de Minas Gerais, foram retirados da aeronave e colocados em sacos por um advogado da família na manhã deste sábado (6).

O violão da artista está entre os objetos recuperados dentre os destroços do avião. Tudo será entregue às famílias.

A busca pelos pertences ocorreu em meio aos trabalhos iniciais da equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) no local do acidente.

De acordo com o tenente-coronel Oziel Silveira, chefe do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa III), a aeronave está em local de difícil acesso e há risco de deslizamento da estrutura pela cachoeira. Está sendo avaliada a possibilidade de transportar o avião para outro local para que os trabalhos possam ser feitos com mais segurança.

Veja que já se sabe sobre a queda do avião

Segundo Silveira, a legislação não exige caixa-preta neste tipo de aeronave e ainda não se sabe se o bimotor continha o equipamento. Silveira disse, ainda, que já solicitou as gravações realizadas pela aeronave.

"Ontem (sexta-feira) nós já pedimos ao Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta I) para segregar todas as gravações que essa aeronave fez desde a decolagem até o último contato dela. Eu não tive tempo de escutar ainda, mas o material já está segregado", afirmou.

Pertences das vítimas, incluindo violão da cantora Marília Mendonça, foram retirados de aeronave — Foto: Carlos Eduardo Alvim/ TV Globo

O acidente

O avião, um bimotor King Air da Beech Aircraft, fabricado em 1984, decolou de Goiânia e caiu em uma cachoeira a 2 quilômetros da pista onde faria o pouso, segundo a Polícia Militar mineira. A aeronave tinha capacidade para 4,7 mil quilos e podia levar até 6 passageiros.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) divulgou nota nesta sexta-feira (5) dizendo que o avião atingiu um cabo de uma torre de distribuição da empresa, em Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce.

Os órgãos aéreos da região já haviam recebido relatos de outros pilotos antes do acidente, nos meses de setembro e agosto, de que os fios elétricos atrapalhariam o pouso no aeródromo de Caratinga. São relatos denominados de Notam (Notificação Aeronáutica) e que indicam dados sobre riscos e alertam outros pilotos que se dirigem à região sobre perigos para operar no local.

Uma testemunha relatou às autoridades que, após colidir contra os fios, o avião teria perdido um motor. A aeronave tinha dois motores mas, segundo essa testemunha, que também é piloto, a aeronave teria perdido sustentação com a colisão (estolado).

Conforme a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião de Marília Mendonça estava com a documentação em dia e tinha autorização para fazer táxi aéreo.

A morte

"Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga (MG), onde Marília teria uma apresentação esta noite", informou a assessoria da cantora.

As músicas de Marília Mendonça arrebataram o Brasil com letras e melodias intensas e românticas. Ela liderou uma reviravolta feminina no mercado sertanejo, que impôs mulheres como protagonistas do estilo até então dominado quase apenas por homens, a partir de 2016, no chamado "feminejo".

Ela nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. Entre os seus grandes sucessos, que a colocaram como uma das cantoras mais ouvidas do país, estão “Infiel”, "De quem é a culpa?' e “Eu sei de cor”. Marília deixa um filho, Léo, que completa dois anos em dezembro. Relembre a trajetória.

Os bombeiros também confirmaram a morte através da seguinte nota: "O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais."

Um representante da Polícia Militar no local informou: "Infelizmente, em que pesem todos os esforços no local, de difícil acesso, a informação que se tem, repassada pelo médico, é que as cinco pessoas que estavam na aeronave vieram a óbito. Continuam os trabalhos."

Informações da assessoria de imprensa
Por volta das 16h30 desta sexta, a assessora de imprensa de Marília Mendonça informou ao g1 que a cantora e todos que estavam no avião já teriam sido resgatados e estavam bem. A assessora voltou a confirmar a informação às 16h50. Por volta das 17h15 a assessora disse que havia perdido o contato com o empresário da cantora e que não podia mais confirmar a informação de que ela estava bem. Às 17h45, a assessora informou em nota oficial que a cantora havia morrido.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Eduardo Bolsonaro elogia Djokovic por não tomar vacina contra Covid

Com Covid, Olavo de Carvalho cancela transmissão de aulas online

Covid-19: Brasil recebe 2º lote de vacinas da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

Síndrome de Burnout é reconhecida como fenômeno ocupacional pela OMS