Carros

Honda City Hatch já pode ser reservado no Brasil por R$ 114 mil

Honda inicia nesta terça-feira (1) a pré-venda do inédito City Hatchback no Brasil; modelo chega em duas versões sempre com motor 1.5 flex.

Honda City Hatch já pode ser reservado no Brasil por R$ 114 mil

Novo Honda City Hatchback chega ao Brasil. — Foto:Honda/Divulgação

A Honda inicia nesta terça-feira (1) a pré-venda do novo City Hatchback no mercado brasileiro. Produzida em Itirapina (SP), a inédita versão hatch do Honda City já pode ser reservada junto às concessionárias da marca japonesa. O New City – nome adotado pela Honda para sua campanha de vendas – estreia no Brasil em duas versões, sempre equipado com o novo motor 1.5 i-VTEC aspirado flex com injeção direta de combustível e duplo comando de válvulas no cabeçote. Os preços partem de R$ 114.200.

A inédita versão hatch do Honda City chega ao Brasil como o substituto do tradicional Honda Fit, mas traz soluções que fizeram sucesso no modelo que saiu de linha, como o sistema Magic Seat, que oferece a maior versatilidade de rebatimento dos bancos do mercado. No modo Utility, por exemplo, a Honda destaca que o espaço interno chega a 1.168 litros de volume, superando os 1.045 litros disponíveis no Fit na mesma condição. O porta-malas tem capacidade para 268 litros sem rebater os bancos.

Novo Honda City Hatchback (Foto: Honda/Divulgação)

Sob o capô, todas as versões do novo Honda City Hatch trazem o mesmo motor 1.5 flex aspirado que estreou no City sedã. Ele oferece 126 cv de potência (6.200 rpm) com gasolina ou etanol. Já o torque é de 152 Nm com gasolina e 155 Nm com  etanol, ambos a 4.600 rpm. O câmbio CVT de 7 marchas com shift paddle recebeu duas novas tecnologias para responder mais rápido às acelerações (kick down) e conter a velocidade quando o motorista está numa descida pisando no freio. O City Hatchback faz 13,3/14,8 km/l com gasolina (cidade/estrada) e 9,1/10,5 km/l com etanol (cidade/estrada).

Novo City Hatch: 268 litros de capacidade (Foto: Honda/Divulgação)

A nova geração do City é o primeiro carro da Honda fabricado no Brasil a receber o sistema de segurança Honda Sensing, que inclui equipamentos como controle de cruzeiro adaptativo (ACC), frenagem automática de emergência, assistente de permanência em faixa e sistema para mitigação de evasão de pista, além de outros itens. Todas as versões vêm com seis airbags de série. 

Novo Honda City Hatchback (Foto: Honda/Divulgação)

Os faróis e lanternas são full led na versão Touring (topo de linha) das duas categorias. As rodas são sempre de liga leve de 16” com acabamento preto ou diamantado. Dentre os equipamentos, ambas as versões (EXL e Touring) trazem botão de partida do motor, chave presencial, ar-condicionado digital e automático, retrovisores com rebatimento automático, central multimídia de 8’’ com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, câmera de ré, sensores de estacionamento traseiros, bancos revestidos em couro e painel digital TFT de 7’’. A versão Touring traz ainda sensores de estacionamento dianteiros.

Novo Honda City Hatchback (Foto: Honda/Divulgação)

O novo Honda City Hatchback será oferecido nas versões EXL e Touring. O modelo conta com oito opções de pintura externa: Branco Tafetá (pintura sólida); Azul Cósmico, Prata Platinum e Cinza Barium (metálicas); e Branco Topázio, Preto Cristal, Vermelho Mercúrio e a inédita Cinza Grafeno (perolizadas). Para todas as cores, o interior será preto. As vendas regulares do modelo terão início em março. Os preços são os seguintes:

City Hatch EXL – R$ 114.200*

City Hatch Touring – R$ 122.600*

(*Preço público sugerido para todo o território nacional, exceto Estado de São Paulo e cidade de Manaus)

COMPARTILHE

Bombando em Carros

1

Carros

BYD Dolphin Mini: carro elétrico compacto é lançado no Brasil; veja preço

2

Carros

Vendas de carros elétricos batem recorde no primeiro mês de 2024, diz ABVE

3

Carros

Chevrolet prepara renovação total e falas indicam produção de motores híbridos flex no Brasil

4

Carros

Motorista confunde pedal, acelera e destrói carro de luxo em acidente

5

Carros

Ter um carro elétrico no Brasil vale a pena? Quem tem responde