Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cinema

Editoria sobre Cinema ir para editoria →

Cinema

Cine Banguê Online estreia nesta sexta com curtas de Renata Spitz e Andy Malafaia

A exibição única acontece às 20h, no canal TV Funesc no YouTube. Após a sessão, os filmes não ficarão disponíveis.

Cena da gravação do curta-metragem Aurora, dirigido por Renata Spitz | (Foto: Divulgação/Renata Spitz)

Por

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) lança, nesta sexta-feira (6), o projeto Cine Banguê Online. Na estreia, serão exibidos os curtas ‘Aurora’, de Renata Spitz e ‘Eu queria ser arrebatada, amordaçada e, nas minhas costas, tatuada’, de Andy Malafaia. Para os dois, a classificação indicativa de idade é 16 anos. 

Conforme apurou o ClickPB, a exibição única acontece às 20h, no canalTV Funesc no YouTube. Após a sessão, os filmes não ficarão disponíveis.

A segunda sessão acontece na sexta-feira (13), às 20h, também em exibição única, com os curtas ‘Ensaio sobre minha mãe’, de Jocimar Dias; ‘O solitário ataque de Vorgon’, de Caio d’Andrea e ‘O silêncio do mundo’, de Bárbara Cariry.

Projeto

O Cine Bangüê Online surge como uma alternativa nesse período de pandemia da Covid-19 em que as salas de cinema permanecem fechadas para evitar aglomerações. Nesta fase de lançamento, serão exibidos cinco filmes divididos em duas sessões. As exibições são feitas apenas uma vez e em seguida o conteúdo é removido.

 
Sinopses:
Data: 06/11, 20h
 
Curta: Aurora
18’14’’ | Colorido | Rio de Janeiro | Renata Spitz - Classificação: 16 anos.
Sinopse: Quatro garotas compartilham seus sonhos dentro de um pequeno apartamento até que o dia nasce novamente, algumas não conseguem dormir.

Curta: Eu queria ser arrebatada, amordaçada e, nas minhas costas, tatuada
16’28’’ | Colorido | Rio de Janeiro | Andy Malafaia - Classificação: 16 anos. 
Sinopse: Silvana é uma mulher cansada. O mundo não mais lhe pertence, o invisível a incomoda, o cotidiano a oprime. O que ela deseja, às vezes, é abandonar tudo e voltar para casa. As lembranças de outrora são fortes o suficiente para romper o fluxo de sua vida.


 
Data: 13/11, 20h
Curta: Ensaio sobre minha mãe 
20’ | Colorido | Rio de Janeiro | Jocimar Dias - Classificação: 10 anos
Sinopse: Minha mãe e seus muros sonoros. Prestes a desabar. 


 
Curta: O solitário ataque de Vorgon
05’52’’ | Colorido | São Paulo | Caio d’Andrea - Classificação: Livre
Sinopse: Uma manchete diz “Vorgon e Vorga destróem cidade durante briga” e a foto do jornal mostra dois monstros gigantes lutando. À noite, Vorgon volta a atacar. Um soturno ataque solitário.


 
Curta: O silêncio do mundo 
09’54’’ | Colorido | Ceará | Bárbara Cariry - Classificação: Livre
Sinopse: A sinfonia do mundo percebida no "outro", revelando novas formas de percepção e de comunicação entre os homens.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Atriz Olympia Dukakis morre aos 89 anos

Jennifer Lopez e Ben Affleck são vistos juntos na casa da atriz em Los Angeles

Paraíba recebe 119.050 doses de vacinas contra Covid-19 neste fim de semana

Oscar 2021: 'Nomadland' é grande vencedor, com prêmios de melhor filme, direção e atriz