Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cinema

Editoria sobre Cinema ir para editoria →

Cinema

Rowan Atkinson diz que interpretar Mr. Bean não é agradável e fala em aposentadoria

"O peso da responsabilidade não é agradável. Acho isso estressante e exaustivo e estou ansioso para o fim", afirma o ator.

Por

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O ator Rowan Atkinson, 65, famoso por interpretar Mr. Bean, afirmou em entrevista à Rádio Times que não é muito prazeroso dar vida ao atrapalhado personagem, mas sim estressante e exaustivo. Ele também voltou a falar sobre a possível aposentadoria do Mr. Bean.

"Eu não gosto muito de interpretá-lo. O peso da responsabilidade não é agradável. Acho isso estressante e exaustivo e estou ansioso para o fim", afirma o ator, que apesar disso prepara um filme de animação do personagem. 

"É mais fácil interpretá-lo vocalmente do que visualmente", afirmou, segundo a revista Variety.

Criado em 1990, Mr. Bean é sucesso até hoje e já rendeu série, livros e uma franquia de filmes. Apesar de Atkinson afirmar que não quer mais interpretá-lo e relatar exaustão com todos os seus personagens, ele aponta como exceção a série "Blackadder", exibida entre 1983 e 1989 e que ganhará uma regravação.

Para Atkinson, reproduzir a sitcom trará alguns desafios, já que representa "a energia criativa que todos tínhamos nos anos 80". "Tentar replicar 30 anos depois não será fácil", afirma ele.

Apesar disso, ele diz não sentir o mesmo peso que sente em relação ao Mr. Bean ao retomar seu personagem de "Blackadder", já que nesse caso o peso para tornar a série engraçada não está apenas em seus ombros, mas nos de muitas pessoas envolvidas.

Cultura do cancelamento

Atkinson também comentou sobre a 'cultura do cancelamento' da Internet: "O problema que nós temos online é que um algoritmo decide o que queremos ver, o que termina criando uma visão binária e simplista da sociedade. Torna-se o caso de você estar conosco ou contra nós. E se você está contra nós, você merece ser 'cancelado'", explicou.

"É importante que nós sejamos expostos a um amplo espectro de opinião, mas o que temos agora é o equivalente digital da turba medieval vagando pelas ruas procurando alguém pra queimar", acrescentou Atkinson. "Então é assustador para qualquer um que seja vítima dessa multidão e isso me enche de medo pelo futuro."

Atkinson ganhou o BAFTA de melhor desempenho de entretenimento leve por "Blackadder Goes Forth" em 1989. 

O próximo trabalho do ator é a série da Netflix "Man vs. Bee", onde ele interpreta um homem em guerra com uma abelha enquanto mora em uma luxuosa mansão.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Aplicativo de João Pessoa oferece 50% de desconto no cinema todos os dias

'Deserto particular' é indicado pelo Brasil para disputar vaga no Oscar 2022

Elijah Wood vai produzir filme com 'versão mais popular, acessível e atualizada' do Zé do Caixão

'Hellraiser' vai ter novo filme com Jamie Clayton, de 'Sense8', como Pinhead