Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cinema

Editoria sobre Cinema ir para editoria →

Exibição

Teatro Municipal de Campina Grande recebe Circuito Audiovisual Secult com mais quatro filmes de cineastas campinenses

No circuito, serão exibidos: “Tota”, de Rafael Leal Matos e Kleyton Canuto; “Programa Lab Sound”, de Bianca Henrique Rangel; “A Arquitetura de Duda”, de Ítalo Tavares e “Fórmula do Amor”, de Inêlda de Cristo.

Teatro Municipal Severino Cabral. (Foto: Reprodução)

Por

Após sua estreia na programação cultural de Campina Grande, na última segunda-feira (9), o Circuito Audiovisual Secult retornará ao palco do Teatro Municipal Severino Cabral na próxima quarta-feira (18), a partir das 19h. O evento é realizado pela Prefeitura de Campina Grande, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secult). 

Assim como na primeira exibição, todos os filmes apresentados foram produzidos por cineastas da cidade Rainha da Borborema, como contrapartidas da Lei Emergencial Aldir Blanc, que repassou recursos para os artistas durante os períodos mais críticos da pandemia da covid-19.

Em um circuito de aproximadamente uma hora e meia serão exibidos: “Tota”, de Rafael Leal Matos e Kleyton Canuto; “Programa Lab Sound”, de Bianca Henrique Rangel; “A Arquitetura de Duda”, de Ítalo Tavares e “Fórmula do Amor”, de Inêlda de Cristo.

O filme “Tota” trata da vida de Aristóteles Agra, nascido em 1956 e falecido em 1999. A sinopse da obra fala sobre o quanto ele marcou a política paraibana, entre as décadas de 1980 e 1990, apresentando pautas consideradas polêmicas e inovadoras para época, a exemplo da questão ambiental e sobre a legalização da cannabis.

“Programa Lab Sound”, por sua vez, trata de um programa que retrata principalmente a música em Campina Grande, revelando novos talentos desse importantíssimo viés artístico. Ele foi gravado em 2020, com a direção de Bianca Henrique, apresentação de Lucas Difaria e Luá de Souza.

“A Arquitetura de Duda”, será o terceiro filme, em ordem cronológica, apresentado no Circuito. Tem uma abordagem documental da história e obra de um dos maiores arquitetos do país, o paraibano Geraldino Pereira Duda. O filme é um convite a conhecer parte da história desse importante agente cultural, que fez da Rainha da Borborema uma tela espalhando verdadeiras e ousadas obras de arte, incluindo o próprio Teatro Municipal Severino Cabral, onde ocorrerá a exibição. 

O evento audiovisual chega ao fim de mais um dia com o filme ’Fórmula do Amor’. A obra ficcional conta a história de um homem que, através de conhecimentos científicos, cria uma fórmula capaz de fazer com que as mulheres gostem das mesmas coisas que os homens, objetificando que sua esposa sinta o mesmo desejo que ele por sexo. A partir dessa premissa, o filme desenvolve diversas narrativas com muita confusão envolvida.

Vale pontuar que a classificação indicativa para o Circuito Audiovisual Secult é de 16 anos. A entrada é gratuita e pode ser reservada pelo perfil do Teatro Municipal do Sympla, no site https://www.sympla.com.br/prod...


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Circuito Audiovisual Secult começa nesta segunda-feira e exibe curtas-metragens no Teatro Municipal, em Campina Grande

Ezra Miller, de ‘Flash’, é acusado de assediar criança de 12 anos, diz site

Lightyear é banido em países do Oriente Médio por beijo gay

Ryan Gosling surge como Ken em nova imagem do filme 'Barbie'