Alfredo Soares

Como montar um e-commerce eficiente

Lançar um produto ou serviço somente porque você acredita que ele é eficiente pode custar a vida do seu negócio, por isso, pesquise com cuidado se ele atende a uma necessidade real.

Como montar um e-commerce eficiente

Um erro comum da maior parte dos empresários é pensar em uma solução sem identificar se ela é, de fato, uma dor de mercado. — Foto:Pixabay/Ilustrativa

Com faturamento superior a R$ 161 bilhões somente no ano passado, o Brasil se tornou referência global em e-commerce nos mais diversos segmentos. O crescimento é reflexo direto dos novos hábitos de compra em virtude da pandemia, porém, muitos empresários ainda não sabem como fazer parte dessas transformações ou como estruturar um e-commerce eficiente dentro dos seus negócios. Dessa forma, esse guia é para você que ainda não sabe por onde começar.

TENHA UM PLANO

Um erro comum da maior parte dos empresários é pensar em uma solução sem identificar se ela é, de fato, uma dor de mercado. Lançar um produto ou serviço somente porque você acredita que ele é eficiente pode custar a vida do seu negócio, por isso, pesquise com cuidado se ele atende a uma necessidade real. Qual vai ser seu direcionamento? B2C, B2B, C2C?

Posteriormente, estude o público alvo para entender seus hábitos de compra, onde eles estão e como podem se relacionar com a sua solução. Por fim, tenha um bom planejamento financeiro estruturando toda logística e investimento necessários. Não existe empresa que dê certo sem um bom plano e é por isso que tudo deve começar aqui.

TENHA UMA BOA EQUIPE

Abraçar todas as áreas de construção de um bom e-commerce vai te dar duas coisas: Dor de cabeça e frustrações. Esse é um processo que exige a participação de um time qualificado e motivado na construção de um novo modelo de negócios. Não se apresse neste tópico. Dedique tempo na busca de profissionais especializados até ter confiança de que pode lançar seu produto ou serviço. Lembre-se que o mercado não perdoa inexperiência ou amadorismo.

PLATAFORMA E DOMÍNIO

Com seu plano de negócios definido e uma boa equipe ao seu lado é hora de efetivamente começar o lançamento da sua empresa virtual. Primeiro registre seu domínio digital, que nada mais é do que seu site. Ele deve conter o nome da sua marca de forma simples e objetiva, facilitando a busca no Google. A página registro.br pode te ajudar nesse processo.

Com o domínio registrado passamos para a hospedagem, que é o espaço de armazenamento dos arquivos e informações do seu site em um servidor que vai manter seu e-commerce disponível 24h por dia na internet. Existem vários tipos de hospedagem para cada tipo de orçamento e negócio, podendo ser privados ou compartilhados. Estude cada um e consulte seu time antes da escolha final.

LOGÍSTICA VIRTUAL

Essa é a fase onde você estrutura por completo sua empresa no ambiente digital. Aqui é fundamental observar alguns aspectos:

Layout da sua página: Crie algo atrativo visualmente e de fácil usabilidade para os clientes que vão acessar, facilitando assim a jornada de compra deste usuário. Inclua imagens de referência dos seus produtos e capriche na descrição de cada um. Essa é sua vitrine e você precisa garantir que ela esteja impecável.

Adaptabilidade: Sua página precisa ser responsiva, ou seja, capaz de se adaptar aos diferentes aparelhos sem perda de qualidade. Um usuário que acesse seu site por um smartphone precisa ter uma experiência de usabilidade igual àqueles que acessam pelo desktop, por exemplo.

Meios de Pagamento e Check Out: Invista em um um bom sistema de gestão para o seu site e me agradeça depois. Atualmente existem alguns softwares especializados em e-commerces que integram dados de várias áreas do seu negócio, como vendas, logística e financeiro. Isso vai facilitar sua vida e te ajudar na tomada de decisões.

Defina também seus métodos de pagamento e, principalmente, facilite o check out do seu cliente. Pesquisas apontam que a taxa média de abandono de carrinho de compra virtual no Brasil chegou a 71% em 2020. Ofereça botões claros para finalização da compra e não exija cadastros complexos.

LOGÍSTICA FÍSICA

Se você vende um produto, garanta que seu estoque é adequado para evitar problemas com a entrega. Avalie também como contornar as taxas de entrega já que, aproximadamente 60% dos das desistências em compras no e-commerce são causadas pelo valor do frete, enquanto 18% ocorrem pelo prazo de entrega longo. Invista também na em embalagens para evitar danos e proporcionar uma boa experiência ao cliente. No caso de serviços, ofereça um atendimento impecável durante o processo de vendas e após, objetivando a fidelização do seu público.

CONSTRUA UM ECOSSISTEMA

Monte sua estratégia de marketing digital pensando em toda cadeia de canais de contato que você pode oferecer ao seu cliente. Redes sociais, anúncios no Google, criação de conteúdo, remarketing para atrair aqueles que não concluíram a compra ou para construir uma relação com os mais antigos, planos de fidelização…

As opções são infinitas e dependem exclusivamente dos seus recursos e objetivo de vendas que pretende montar. Construa a rede de influência do seu negócio e busque definir como fazer com que todos façam parte dela. Ao final, defina suas métricas de monitoramento dos resultados (taxa de visitantes, páginas visitadas, tempo de visita, cliques, conversões, etc) e faça otimizações e ajustes sempre que necessário.

Gostou das dicas? Comente aqui se foram úteis para o seu negócio.

COMPARTILHE

Bombando em Alfredo Soares

1

Alfredo Soares

NRF 2024: Impulsionando o Futuro do Varejo

2

Alfredo Soares

Como gerenciar um time de marketing e growth

3

Alfredo Soares

O novo papel do RH para o futuro dos negócios

4

Alfredo Soares

Doce Estratégia: 4 Lições da Nestlé para crescimento dos negócios

5

Alfredo Soares

Quais os benefícios de um Programa de Indicação?