Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Aline Lins

Editora geral do Portal ClickPB.

ver coluna →

Semob estuda transferir sede para prédio da antiga Faculdade de Medicina no Centro de JP

Pelo menos outros dois locais também estão sendo estudados, um na BR-230 e outro na Avenida Beira Rio. Processo está sendo concluído e em alguns dias deverá ser encaminhado à CGM, para análise.

Prédio fica na Praça D Ulrico, no Centro (Foto: Arquivo)

Por

Está no 'forno' da Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) processo que trata da mudança do local onde funciona atualmente a sede da autarquia. Um dos locais estudados para a transferência é a antiga Faculdade de Medicina, no Centro de João Pessoa, que também já abrigou o Colégio de Nossa Senhora das Neves.

Atualmente, a Semob está localizada no Km 25 da BR-230, Cristo Redentor. A Prefeitura pretende entregar o prédio, que é alugado, e locar outro imóvel.

A notícia vinha correndo via 'rádio peão', mas há alguns meses foi negada pela administração, embora os funcionários da Semob estejam certos de que a sua nova 'casa' será o prédio da antiga faculdade.       

O local que está sendo pleiteado fica na Praça D Ulrico, próximo à Catedral Basília de Nossa Senhora das Neves e Avenida General Osório. Em termos de mobilidade urbana, uma área muito complicada para instalação de um órgão público, ainda mais sendo um órgão de trânsito, bastante procurado pelos condutores de veículos. As ruas no entorno têm áreas escassas para estacionamento e o transporte coletivo urbano passa distante.  

O superintendente Adalberto informou a esta coluna que pelo menos outros dois locais também estão sendo estudados, um na BR-230, próximo ao bairro de Água Fria, e outro na Avenida Beira Rio. E assegurou que nesse antigo colégio existe área interna e pátio para as vistorias feitas pela Semob. Segundo alega a gestão municipal, o acesso à atual sede ficou prejudicado depois da construção do viaduto do Geisel.

O processo está sendo concluído e em alguns dias deverá ser encaminhado à Controladoria Geral do Município (CGM), para análise da questão jurídica. Estranhamente, nem a Procuradoria Geral do Município, nem a CGM tomaram conhecimento.

Quanto à mobilidade urbana, esperemos o Ministério Público da Paraíba se atentar para acompanhar vigilante essa façanha. 


        

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

Juíza suspende licitação da Zona Azul de João Pessoa

TCE confirma que Leto Viana recebeu R$ 43 mil este ano referentes a salários de assistente administrativo

Mesmo preso, cargo de assistente administrativo em Cabedelo rende a Leto R$ 43.129,44 em janeiro e fevereiro

Empresa alvo da PF vai receber da Prefeitura de Campina R$ 2,99 milhões ​para fazer o São João 2019