Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Clilson júnior

Radialista, Jornalista e Blogueiro.

ver coluna →

Calvário revela que atriz Mayana Neiva era sócia de Editora e vendeu seu próprio livro ao Governo da Paraíba

A Operação Calvário revelou que Mayana, além de atriz é sócia da MVC Editora LTDA, alvo do cumprimento de mandados de busca e apreensão.

Foram vendidos 2.355 unidades do livro de Mayana Neiva (Sofia) por R$ 70.414,50 (Foto: da internet)

Por

A atriz Mayana Neiva, que deve aparecer na novela das 6h, "Éramos Seis - Rede Globo", tem um livro intitulado "Sofia". No livro infantil, Mayana conta a história de Sofia, uma menina sonhadora que, ao engolir o Sol, percebe vários acontecimentos malucos transformando sua vida para sempre.

Ontem, durante a Operação Calvário, foi revelado pelo Gaeco que Mayana, além de atriz, era sócia juntamente com sua irmã, Luciana Ramos Neiva, da  MVC Editora LTDA, alvo do cumprimento de mandados de busca e apreensão. 


Segundo o Ministério Público da Paraíba, A MVC e a Grafset (do pai de Mayana) movimentaram mais de R$ 17 milhões em contratos com o governo do Estado da Paraíba. 

O que chamou atenção do Gaeco foi um contrato assinado pela então Secretária de Educação Márcia Lucena (hoje prefeita de Conde) e Vladimir dos Santos Neiva, pai de Mayana, em 17 de janeiro de 2014, junto à Grafset.


Neste contrato assinado sem licitação (inexigibilidade), de valor Global R$ 885.121,50 (oitocentos e oitenta e cinco mil, cento e vinte um reais e cinquenta centavos), foram vendidas 2.355 unidades do livro de Mayana Neiva (Sofia) ao preço unitário de R$ 29,90 cada, perfazendo um total de R$ 70.414,50 (setenta mil, quatrocentos e catorze reais e cinquenta centavos).

O Gaeco agora vai se aprofundar para saber o enredo desta história, em que o pai vendeu ao estado o livro da filha que era sócia de uma editora (MVC), agora investigada.


Aguardem cenas dos próximos capítulos!


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

O Flamengo jogou e o STF sem moral

Ricardo x João e a possivel reconciliação

O massacre da previdência e o povo que sifu!

A lista do Mago