Clilson Júnior

Cirurgia do Prefeito de Cacimbas: Casuísmo e a desfaçatez dos vereadores

Esta coluna é um grito de indignação diante dessa afronta à dignidade e aos direitos dos cidadãos de Cacimbas.

Cirurgia do Prefeito de Cacimbas: Casuísmo e a desfaçatez dos vereadores

Prefeito de Cacimbas, Nilton Almeida (PSDB) — Foto:da internet

Em um país onde a saúde pública agoniza e a população sofre, eis que os vereadores de Cacimbas, na Paraíba, resolvem nos brindar com um espetáculo grotesco de casuísmo e pouca vergonha. Ao aprovar um projeto de lei que financia a cirurgia do prefeito, esses “representantes do povo” escancaram seu desdém pela população e seu compromisso com a manutenção de privilégios.

Afinal, por que o prefeito mereceria um tratamento diferenciado em detrimento do sofrimento de seus próprios munícipes? Seria o prefeito um ser celestial, imune às mazelas que afligem a população? Será que seu corpo é feito de algum material mais nobre, que justifique tamanha regalia às custas do suor alheio?

Não é preciso ser um gênio para perceber a ignomínia dessa decisão nefasta, tomada pelos vereadores em um ato que beira o escárnio. O povo de Cacimbas, assim como o restante dos brasileiros, não possui acesso a planos de saúde, e muitos sequer conseguem ser atendidos nos postos de saúde ou hospitais públicos.

Diante dessa realidade, um prefeito que se preze deveria dar o exemplo e lutar por melhorias para todos, e não apenas para si mesmo. No entanto, a ação dos vereadores de Cacimbas indica que a preocupação com o bem comum é apenas uma miragem, um conto de fadas que desmorona sob o peso dos interesses escusos e das regalias.

É lamentável ver como os vereadores da cidade, em uma atitude vil, desdenham da população e zombam do sofrimento alheio. O povo, que confiou seu voto e esperança a esses indivíduos, é tratado como mero peão em um jogo de xadrez, onde a única preocupação é garantir que as peças mais valiosas – no caso, o prefeito – continuem a desfrutar de privilégios.

Esta coluna é um grito de indignação diante dessa afronta à dignidade e aos direitos dos cidadãos de Cacimbas. Que os vereadores envolvidos nessa ação nefasta repensem suas prioridades e lembrem-se de que foram eleitos para servir ao povo, e não para bajular e encher os bolsos de quem já goza de uma posição privilegiada.

Em um país onde a corrupção e a desigualdade caminham lado a lado, é fundamental que os representantes eleitos sejam verdadeiros guardiões dos interesses da população. Que os vereadores de Cacimbas aprendam essa lição e passem a agir de acordo com o mandato que lhes foi confiado, em vez de se curvarem diante do casuísmo e da falta de vergonha.

COMPARTILHE

Bombando em Clilson Júnior

1

Clilson Júnior

E agora Ruy Carneiro?

2

Clilson Júnior

O Big Brother do Padre Egidio e as gravações que vão balançar o poder

3

Clilson Júnior

Padre Egidio na cadeia, viva o TJ da Paraíba

4

Clilson Júnior

Viva a Impunidade!

5

Clilson Júnior

Solidão em Retalhos: O Abandono Familiar dos Idosos