Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Clilson júnior

Radialista, Jornalista e Blogueiro.

ver coluna →

Ex-prefeito já recebeu quase meio milhão de reais em salário este ano na prefeitura de Sumé

O inocente doutor continua a receber salário de até R$ 56 mil reais por mês

O inocente doutor, continua a receber salário de até R$ 56 mil reais por mês (Foto: Reprodução)

Por

O ex-prefeito de Sumé, Francisco Duarte Silva Neto, mais conhecido como o “Marajá do Cariri” continua recebendo salário maior que Ministros do STF. Médico de carreira, o doutor Neto ajudou a eleger o atual prefeito Éden Duarte (PSB).

Além do salário de Marajá, Dr. Neto tem uma folha corrida recheada de denúncias, acusações e até condenação.  Na verdade ele poderia estar cumprindo cadeia por envolvimento na Operação Sanguessuga, aquela das ambulâncias, época que o Marajá do Cariri chegou a ser condenado a 3 anos e 3 meses de prisão, depois, transformada em prestação de serviços à comunidade, não se sabe onde. Ele se diz inocente.

O inocente doutor, continua a receber salário de até R$ 56 mil reais por mês - pago é claro, pelo atual prefeito, o Éden Duarte, aquele mesmo que o doutor Neto ajudou a ser prefeito na eleição de 2016.

De janeiro a setembro, segundo do Tribunal de Contas da Paraíba, o Dr. Neto recebeu do povo de Sumé R$ 393.049,57 (trezentos e noventa e três mil e quarenta e nove reais e cinquenta e sete centavos).




Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

O Flamengo jogou e o STF sem moral

Calvário revela que atriz Mayana Neiva era sócia de Editora e vendeu seu próprio livro ao Governo da Paraíba

Ricardo x João e a possivel reconciliação

O massacre da previdência e o povo que sifu!