Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cotidiano

Editoria sobre Cotidiano ir para editoria →

Eleições 2022

Lula está destruindo todos os partidos que possam fazer sombra a ele, diz Ciro Gomes

No entendimento do pedetista, o ex-presidente tenta acabar com outros partidos que podem fazer sombra a ele.

Pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes (Foto: Reprodução)

Por

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) — Pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, criticou as negociações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para formar as alianças de sua chapa que vai concorrer às eleições. No entendimento do pedetista, o ex-presidente tenta acabar com outros partidos que podem fazer sombra a ele.

"Tenho me movimentado respeitando as organizações. Diferentemente do Lula, que está destruindo organizações partidárias que podem fazer sombra a um pensamento mais crítico e progressista, como está fazendo com PSOL e PCdoB e PSB, que é uma tragédia", criticou Ciro.

Ele participou hoje da sabatina UOL/Folha apresentada por Fabíola Cidral e conduzida pelo colunista do UOL Josias de Souza e pela jornalista da Folha de S. Paulo Catia Seabra.

"O [Luciano] Bivar [presidente do União Brasil] me convida em um jantar há um mês e pergunta se, lançando candidato, eu aceitaria sentar em uma mesa de diálogo com tantas forças que representam antagonismo à polarização que também censuro. Considero que dialogar é fundamental. Mas minha condição é não ter inimigo da República no diálogo."

O pedetista tem se reunido com União Brasil e PSD para buscar apoio à sua candidatura.

A primeira entrevista foi a senadora Simone Tebet (MDB-MS). Na última pesquisa Datafolha, divulgada em 24 de março, Ciro Gomes aparece com 6% das intenções de voto, atrás de Sergio Moro (União Brasil), com 8%, Jair Bolsonaro (PL), com 26%, e Lula (PT), com 43%.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Uber concorda com piso salarial para motoristas e entregadores na Austrália

Preconceito afeta produção de dados sobre LGBTI+

Bolsonaro sanciona projeto que prevê devolução de tributos e redução no valor da conta de luz

Avianca é condenada a pagar R$ 8 mil de indenização a passageira por falha em assistência após atraso em voo para João Pessoa