Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cotidiano

Editoria sobre Cotidiano ir para editoria →

Fugiu com outra

​Noiva é abandonada, descobre traição, faz 'bolo do divórcio' e tenta vender festa para pagar dívidas

Julia Bittencourt diz que noivo fugiu para Bahia, com mulher grávida, faltando três meses para festa de casamento. União já havia sido oficializada em cartório.

No bolo, a ex-noiva pediu para deixar um espaço, para que os bonecos que imitam os casais não ficassem no topo, mas separados um do outro. (Foto: Arquivo pessoal)

Por

Depois de oficializar a união em um cartório, no Distrito Federal, a fonoaudióloga Julia Bittencourt sonhava com a festa de casamento, que já tinha data marcada: 19 de dezembro de 2021. Mas, às vésperas da comemoração, ela conta que foi abandonada e traída pelo companheiro.

Depois do impacto, Júlia decidiu se apressar para conseguir o divórcio e comemorar o "livramento", como os amigos enxergam a separação, já que o noivo fugiu para a Bahia com outra mulher, grávida.

O evento contou com um bolo de ganache de chocolate. No meio, a ex-noiva pediu para deixar um espaço, para que os bonecos que imitam os casais não ficassem no topo, mas separados um do outro. Padrinhos e familiares foram convidados para a festa.

"Tá, eu levei no humor, porque sou assim. Riso solto e coração enorme. Essa é minha essência e por incrível que pareça, nada mudou. Comemorar é preciso. Encerrar é preciso. Ponto final", postou Julia em uma rede social.

'Alívio, abandono, solidão e tristeza'

Júlia contou ao G1 que estava tudo certo para a festa de casamento para 200 convidados. Espaço, decoração, buffet e DJ custaram R$ 70 mil.

Ao todo, foram 4 anos de relacionamento. Com a pandemia do novo coronavírus, o ex ficou desempregado e ela passou a arcar com todas as despesas, inclusive com a reforma da casa, em Taguatinga, onde o casal iria morar.

Mas em setembro, faltando três meses para a festa, Júlia conta que passou um dia inteiro tentando ligar para o noivo, sem sucesso. Ela, então, decidiu ir até a casa que estavam reformando.

Chegando lá, não tinha nada do que havia sido comprado para começar a "nova vida a dois". Segundo a fonoaudióloga, em um dia, o ex levou todos os móveis.

"A única coisa que restou foi uma máquina de lavar que estou rifando", diz Júlia.
Em seguida, ela recebeu a notícia de um amigo que o noivo tinha ido embora para a Bahia (BA), onde foi criado. E mais: ele chegou lá acompanhado de uma outra mulher, que estava grávida dele.

Recomeçar

Passado o trauma, Júlia tenta recomeçar a vida. Primeiro, ela diz que quer pagar todas as dívidas que fez, por causa do casamento.

A fonoaudióloga diz que preferiu não registrar boletim de ocorrência na polícia, por causa do sumiço dos móveis da casa, para não ter mais contato com o ex. As passagens de lua de mel, ela conseguiu trocar e decidiu viajar para a praia, em Vila Velha (ES).

O desafio é reduzir os prejuízos com a festa de casamento, marcada para dezembro. Ela explica que, se cancelar o evento, terá que pagar 50% do valor total. Por isso, ela tenta vender a festa para quem tiver interesse na data.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Semob-JP autoriza uso da faixa exclusiva da Av. Epitácio Pessoa por todos os veículos nesta segunda-feira

Aniversário de João Pessoa: confira o que abre e o que fecha nesta sexta-feira

'Caneta azul, azul caneta': Manoel Gomes lança candidatura a deputado pelo partido de Jair Bolsonaro

VLTS funcionam normalmente no feriado de 5 de agosto em João Pessoa