Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cotidiano

Editoria sobre Cotidiano ir para editoria →

15 anos de trabalho

Repórter parabeniza GloboNews e é demitido no mesmo dia

Alexandre Oliveira estava no grupo Globo há 15 anos e fez sucesso na cobertura da Olimpíada.

Alexandre utilizou sua conta no Instagram para confirmar a demissão após 15 anos trabalhando no Grupo Globo. (Foto: Reprodução)

Por

O repórter Alexandre Oliveira foi demitido da Globo na última sexta-feira. No mesmo dia, o jornalista de 38 anos tinha feito uma postagem para comemorar o aniversário da GloboNews, canal em que fez sucesso durante a cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. “Parabéns GloboNews pelos 25 anos. Que a gente siga surfando esse sucesso!", escreveu.

No último sábado, Alexandre utilizou sua conta no Instagram para confirmar a demissão após 15 anos trabalhando no Grupo Globo. "Steve Jobs no discurso que fez na Universidade Stanford disse que “a morte é provavelmente a melhor invenção da vida”. Ele quis dizer que esse movimento da espaço para o novo. Quando você sai de um trabalho é também um forma de renovar aquele ambiente. E a sua vida também vai ter que se reinventar. Foram 15 anos reportando e apresentando. Uma vida, um ciclo que acabou! Mas foi muito legal!", escreveu.

"Sou grato pelo o que a Globo me ofereceu e pelo conquistei lá. Quando trabalhamos na TV atingimos dois públicos: o externo (que tá em casa) e o interno (chefes e colegas). Acredito que o segundo é bem importante. Rsrs. Mas eu sinto um orgulho imenso de ter o respeito e o carinho de quem não aparece e nem manda. Cada cinegrafista de estúdio, de rua, de transmissão. Cada UPJ, cabo man, iluminador, motorista, figurinista, maquiador, camareira, coordenador, motoqueiro, recepcionista…que gostavam não só do meu trabalho, mas que gostavam de mim, do Alê. É isso que eu levo. Uma baita experiência profissional e uma enorme vivência humana", completou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Empresas de transporte público alertam o Congresso para possíveis paralisações e aumento de tarifa

General Santos Cruz se filia ao Podemos de Moro e diz que há pessoas boas na política

Inusitado: cheiro de chulé faz avião retornar ao aeroporto após decolagem

Sergio Moro tem 11% na primeira pesquisa após a filiação, mostra pesquisa