Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cotidiano

Editoria sobre Cotidiano ir para editoria →

resultado

São Paulo conhece a escola campeã do carnaval de 2014 nesta terça-feira

Apuração dos votos do Grupo Especial começa às 16h no Anhembi. Harmonia será o primeiro quesito para desempate, seguido de alegoria.

Por

O carnaval de São Paulo começa a conhecer a grande campeã dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do carnaval de 2014 a partir das 16h desta terça-feira (4). A apuração das notas dos 36 jurados acontecerá no próprio sambódromo do Anhembi, palco dos desfiles, na Zona Norte de São Paulo.

Em reunião na noite desta terça-feira, os dirigentes da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo definiram os quesitos para o caso de empate. O primeiro será a harmonia, seguido, pela ordem, alegoria, evolução, samba-enredo, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira, bateria, enredo e, por último, fantasia.

Mais uma vez, as torcidas e integrantes das escolas não poderão acompanhar a apuração dos votos, a exemplo do que já ocorreu no ano passado. O acesso à área da apuração será liberado apenas para a imprensa, para os presidentes das agremiações e mais nove convidados indicados pelas escolas.

Em 2012, um tumulto interrompeu a apuração dos votos. Na ocasião, um representante da escola Império de Casa Verde rasgou os envelopes com as notas durante a divulgação do último quesito. Torcedores na arquibancada arremessaram objetos na área destinada aos organizadores e forçaram as grades até conseguirem entrar no espaço restrito.

Para o carnaval deste ano, a principal mudança na contabilização das notas das foi a redução do número de jurados de cinco para quatro em cada um dos quesitos. A menor nota será descartada. Para efeito de julgamento, foram analisados, pela ordem, os seguintes quesitos: bateria, harmonia, evolução, samba enredo, mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, alegoria, enredo e fantasia.

As notas variam de oito até dez, com uma casa decimal. O sistema de penalização, semelhante ao sistema de trânsito, considera infrações leves, médias, graves e gravíssimas.
Em relação à cronometragem, a escola perde um décimo para cada minuto que exceder ou anteceder o tempo estipulado - mínimo de 55 minutos e máximo de 65 minutos.

O número mínimo de componentes da escola é de 2 mil, com redução de um décimo para cada cinco pessoas a menos. Já a ala das baianas precisa ter a partir de 50 integrantes. Exibir escudos de times de futebol e propaganda, implícita ou explícita, foi proibido.

A agremiação que se sentir prejudicada por qualquer nota a ela atribuída poderá exercer o seu direito de veto ao jurado, mediante argumentos embasados em provas contundentes. O processo de veto só se concluirá após o comitê da Liga Independente das Escolas de Samba, composto para essa finalidade, der seu parecer a respeito da solicitação.

As cinco melhores escolas do Grupo Especial, além da campeã e da vice do Grupo de Acesso, farão o desfile das campeãs na noite de sábado (8) e madrugada de domingo (9).

Confira abaixo os critérios utilizados pelo júri para avaliar os quesitos:
Alegoria - Julga os carros alegóricos; a beleza e a relação com o enredo. As escolas de samba são obrigadas a desfilar com cinco alegorias.

Bateria - Avalia o desempenho dos ritmistas e dos mestres de bateria acompanhando o samba-enredo. Além de alguns instrumentos obrigatórios, é importante que tudo esteja bem afinado para não sair do ritmo.

Comissão de Frente - A coreografia conta com alguns movimentos obrigatórios, como a saudação ao público e a apresentação da escola. Jurados também dão nota para a fantasia e observam se a comissão de frente atende à exigência de no mínimo seis componentes e, no máximo, 15.

Enredo - Nesse quesito é considerado se o tema do enredo está sendo bem contado na avenida, com a ajuda das alas e alegorias, e se o jurado e o público conseguem fazer uma leitura fácil da apresentação.

Evolução - Julga a forma como a escola passa pela avenida, sem deixar buracos e sem correr para cumprir o tempo do desfile.

Fantasia - Avalia a beleza e o significado das fantasias desfiladas. Os jurados também podem atentar a detalhes e ao acabamento.

Harmonia - O quesito analisa se os componentes da escola estão integrados, cantando o samba e fazendo as coreografias corretamente.

Mestre-sala e porta-bandeira - Apenas o primeiro casal da escola é avaliado. Considera-se o entrosamento dos dois na coreografia, a graciosidade dos movimentos e, também, as fantasias.

Samba-enredo - Avalia não apenas a letra da música, mas também a melodia.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Semob-JP autoriza uso da faixa exclusiva da Av. Epitácio Pessoa por todos os veículos nesta segunda-feira

Aniversário de João Pessoa: confira o que abre e o que fecha nesta sexta-feira

'Caneta azul, azul caneta': Manoel Gomes lança candidatura a deputado pelo partido de Jair Bolsonaro

VLTS funcionam normalmente no feriado de 5 de agosto em João Pessoa