Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cultura

Editoria sobre Cultura ir para editoria →

Famosos

Cantor Latino repassa lucros de música com DJ Ivis para Pamella Holanda

Ele irá doar parte do lucro à digital influencer, que foi agredida pelo DJ.

Cantor Latino vai repassar repassa lucros de música com DJ Ivis para Pamella Holanda. (Foto: Reprodução/Instagram)

Por

Após confirmar o cancelamento do clipe que contava com a participação de DJ Ivis, preso por agredir a ex-mulher, Pamella Holanda, e afirmar que iria refazer a música sem a participação do artista, o cantor Latino revelou que irá doar parte do lucro a Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis. O DJ foi preso por agredir a digital influencer depois que ela divulgou vídeos que mostram a violência doméstica que sofria. Latindo afirmou que irá refazer a música que teria a participação do DJ, e que todo o dinheiro será dividido em partes iguais. Os sócios da música são Latino, Dennis DJ, Rogerinho e agora Pamella.

"Iremos repassar para a Pamella Holanda a parte dos direitos artísticos que antes estava destinada ao DJ Ivis. É uma forma de aliviar sua dor e prover ajuda principalmente à criança nesse momento. Decidimos repassar o percentual para ela tornando a Pamela sócia dessa produção que será lançada dia 6 de agosto", contou Latino a Quem.

Entenda o caso

Pamella denunciou as agressões de DJ Ivis na noite do dia 11 de julho. Ela postou fotos vídeos de uma câmera de segurança de dentro do apartamento sendo agredida por ele em Fortaleza. A digital influencer, que conheceu Ivis pelo Instagram em 2018, descobriu em fevereiro de 2020 que esperava o primeiro filho com ele. Os dois passaram, então, a morar juntos e as agressões começaram ainda durante a gestação.

"A primeira vez que ele me agrediu foi quando eu estava grávida de cinco meses, ele me pegou pelo pescoço, veio me arrastando pelo corredor que tinha no apartamento até o sofá. Ele me jogou no sofá. Na cabeça dele, era como se eu fosse um problema, um fardo. Não podia chegar para ele e falar, 'estou sentindo isso'. Estava em uma situação de não ter suporte dentro de casa. Ele vivia na linha tênue de explodir. A qualquer momento ele explodia", relembrou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Leitura das obras de Paulo Freire é essencial para entender a educação

Gisele Bündchen critica ódio contra modelo que fez declaração antivacina

Juliette diz que 'deu uma paquerada' em Rodolffo após BBB

Dua Lipa fará show no Rock in Rio no mesmo dia de Ivete Sangalo