Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cultura

Editoria sobre Cultura ir para editoria →

Famosos

Irmão de Marília Mendonça é criticado por internauta sobre ‘felicidade’ após morte da cantora

Em uma publicação no Twitter, João compartilhou um print da mensagem que recebeu no Instagram, que dizia: “Para quem perdeu a irmã há 15 dias, você está até bem que feliz”.

João Gustavo, de 20 anos, irmão de Marília Mendonça (Foto: Reprodução)

Por

João Gustavo, de 20 anos, irmão de Marília Mendonça, que morreu no começo do mês após sofrer um acidente aéreo em Minas Gerais, rebateu uma internauta na rede social que questionou sobre ele estar feliz após morte da cantora sertaneja.

Em uma publicação no Twitter, João compartilhou um print da mensagem que recebeu no Instagram, que dizia: “Para quem perdeu a irmã há 15 dias, você está até bem que feliz”.

Na sequência, em tom de ironia, o jovem fez questão de responder com um comentário em cima do print que agora está proibido ser feliz e chamou a seguidora de fiscal.

“Estou proibido de ser feliz. Se a Mayara Andrade falou está falado, é a fiscal de felicidade ela”, escreveu João no microblog.

Em uma coletiva de imprensa que aconteceu na tarde desta quinta-feira (25), a Polícia Civil de Minas Gerais revelou a causa da morte de Marília Mendonça, que veio a óbito após sofrer um acidente aéreo no começo do mês quando ia fazer um show.

A cantora morreu vítima de politraumatismo devido à queda do avião, disse o médico-legista Thales Bittencourt de Barcelos.

Além de Mendonça, estavam na aeronave seu tio e assessor, Abicieli Silveira Dias Filho; o produtor Henrique Ribeiro; o piloto, Geraldo Medeiros; e o copiloto, Tarciso Viana – todos os ocupantes do avião tiveram politraumatismo contuso devido ao choque com o solo.

De acordo informações do site G1, a polícia trabalha com a hipótese de que as linhas de transmissão de uma torre da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) teriam provocado o acidente. Há também a possibilidade de pane nos motores, o que depende de investigação do Centro de Prevenção e Investigação de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Vivi Fernandez deixa UTI e destaca 'danos em rins e bexiga' por infecção

Estação Cabo Branco reabre temporada de exposição com esculturas do artista paraibano Luciano Grisi

Rodrigo Hilbert faz montanha-russa no quintal de casa e diz que não deu muito certo

Funjope volta com projeto ‘Vem Bicar Comigo’ neste sábado em João Pessoa