Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cultura

Editoria sobre Cultura ir para editoria →

Evento

Quinteto Violado, Fuba e Vieira se apresentam no Festival de Verão Cidades Criativas em João Pessoa

O Festival será aberto dia 15, às 19h, pela Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP) e a Companhia de Dança apresentando o espetáculo ‘Poesia do Som, uma homenagem a Sivuca’, na Catedral de Nossa Senhora das Neves.

Fuba participa de evento em João Pessoa (Foto: Reprodução )

Por

A programação musical do Festival de Verão Cidades Criativas, realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), acontece de 15 a 19 de março. O evento reúne nomes como Quinteto Violado, que comemora 50 anos de história e faz show na Casa da Pólvora dia 16, às 17h, e Fuba, que se apresenta no local dia 19, às 15h. 

O Festival será aberto dia 15, às 19h, pela Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP) e a Companhia de Dança apresentando o espetáculo ‘Poesia do Som, uma homenagem a Sivuca’, na Catedral de Nossa Senhora das Neves.

“O Festival Cidades Criativas é uma ação do governo municipal e nós, da Funjope, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest), estamos promovendo esse processo de integração de João Pessoa com outras cidades, dentro do Selo Cidade Criativa”, declarou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Ele enfatizou que todo esse trabalho representa a mobilização, o comprometimento e o compromisso de muitas outras secretarias como Sedurb (Desenvolvimento Urbano), Seinfra (Infraestrutura), Emlur (Limpeza Urbana), Educação (Sedec) para valorizar a cultura e a arte na cidade.

O chefe de Divisão de Música da Funjope, Adriano Ismael, vê o Festival como uma oportunidade que a Prefeitura de João Pessoa oferece aos artistas locais e convidados que estarão na cidade durante a semana. Segundo ele, é uma experiência única que o público poderá acompanhar de mistura artística, além de proporcionar aos novos músicos a oportunidade de serem ouvidos e assistidos.

“É um evento para o Brasil e exterior. A Prefeitura está promovendo uma interação de culturas de vários pontos do País e de fora dele, com o objetivo de proporcionar ao público essa junção de culturas e experiências com outras musicalidades e perspectivas artísticas”, avaliou.

Ele entende que é fundamental essa aproximação dos artistas locais já consagrados com novos artistas. “Estamos promovendo isso, proporcionando essa experiência a grupos novos que ainda não tiveram tanta oportunidade, nem tanta visibilidade da população”, comentou.

Programação – Além da programação na Catedral, abrindo a semana musical, outras atrações se apresentam nos equipamentos de cultura administrados pela Fundação.

Na quarta (16), serão três apresentações simultâneas a partir das 17h. O Quinteto Violado se apresenta na Casa da Pólvora contemplando o pôr do sol; a Banda 5 de Agosto faz um show na Catedral Metropolitana, enquanto o Grupo Blackout, da Secretaria de Educação e Cultura da Capital (Sedec), estará no Parque Solon de Lucena.

No dia 17, a Casa da Pólvora contará com as apresentações de Vieira e Parayba Ska Jazz Foundation, às 16h. A partir das 17h, o Quinteto de Cordas, da OSMJP, se apresenta na Igreja de São Bento, enquanto a Orquestra Sanfônica Balaio Nordeste toca no Parque Solon de Lucena. Também às 17h, a Banda 5 de Agosto se apresenta na Igreja de Nossa Senhora de Lourdes.

Para a sexta (18), penúltimo dia do Festival, a Orquestra de Violoncelos da UFPB se apresenta na Igreja de São Francisco, a partir das 10h. Já às 16h, Igor Wendel e Costinha fazem um duo no projeto ‘Sol Maior’, no Hotel Globo. No mesmo horário, a banda Caburé e Os Fulano vão agitar o pôr do sol na Casa da Pólvora, enquanto às 17h, na Igreja da Misericórdia, se apresenta o grupo Armorial do Colégio Pio X.

Encerrando a programação semanal, no sábado (19), Grazi Vilanueva vai estar no Pavilhão do Chá, às 9h. No fim da tarde, a Banda Tracundum, o mestre Fuba e Gatunas vão animar o pôr do sol na Casa da Pólvora, a partir das 15h. Em seguida, às 16h, no Largo do Parque Solon de Lucena, o grupo de Educação Musical dos Creis, da Sedec, apresenta o espetáculo ‘Brincando com os sons’.

A programação conta, a partir das 17h, com três apresentações ao mesmo tempo: o Quinteto de Cordas da OSMJP, na Igreja de Nossa Senhora do Carmo; o cantor Lukete, no Hotel Globo; e a Orquestra de Violoncelos da UFPB movimenta o Largo do Busto de Tamandaré, na praia do Cabo Branco.



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Lucas Guimarães publica nude de Carlinhos Maia em rede social

No penúltimo dia de festa, Cabedelo tem apresentação de Calcinha Preta e Fabiana Souto

São João de Bananeiras tem noite com música católica com Padre Nilson e Elson Júnior

Lipe Lucena, Limão com Mel, Forró D2 e Forrozão das Antigas: confira programação do São João de Campina Grande desta terça-feira