Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cultura

Editoria sobre Cultura ir para editoria →

Somos Capazes

Tardezinha Inclusiva terá I Festival de TEAlentos e T21 no próximo domingo

O evento acontece no Centro Cultural de Mangabeira Tenente Lucena, das 15h às 18h. A intenção do Festival é descobrir os talentos da meninada. Serão 28 participantes.

A iniciativa proporciona ainda a integração entre eles e a sociedade. (Foto: Reprodução/Assessoria)

Por

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) está apoiando, no próximo domingo (22), o I Festival TEAlentos e Talentos T21 Paraibano, dentro da Tardezinha Inclusiva, que faz parte do projeto Somos Capazes. O evento acontece no Centro Cultural de Mangabeira Tenente Lucena, das 15h às 18h.  A intenção do Festival é descobrir os talentos da meninada. Serão 28 participantes.

“A Prefeitura, através da Funjope, está mostrando que é possível fazer um processo de inclusão social por meio da arte e da cultura. O Somos Capazes é isso. Estamos envolvendo essas crianças e suas mães num trabalho cuidadoso, promovendo a interação delas com outras crianças, além de entrar na cena artística e cultural. É precioso para nós esse trabalho”, comentou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

A partir do Festival TEAlentos e Talentos T21 será possível contribuir para que esses meninos e meninas possam mostrar toda sua criatividade em atividades artísticas e culturais. “Queremos abrir espaço para que esses valores tenham o reconhecimento merecido”, destacou a jornalista Nik Fernandes, parceira do Somos Capazes. A iniciativa proporciona ainda a integração entre eles e a sociedade.

Dentre as habilidades a serem apresentadas estão canto, instrumental, artes plásticas, desenho livre, dança, poesia e música. Todos os participantes receberão certificado e medalha. Eles serão avaliados por uma banca de jurados convidados.

Serviços – A Tardezinha Inclusiva contará com serviços de parceiros. A assistente social Rozali Rodrigues de Sousa, especialista em saúde mental e terapeuta auricular, vai levar para as mães a auriculoterapia, técnica das práticas integrativas e complementares à saúde (PICS) que alivia sintomas da ansiedade, depressão, compulsividade, transtorno do sono e alimentar, além de atuar nas dores. Também haverá a feirinha inclusiva das mães com seus artesanatos.

A nutriTea Janete Diniz fará uma oficina de frutas com as mães, para que elas ensinem os filhos a comer melhor o alimento. A terapeuta ocupacional Marcella Oliveira vai realizar uma oficina de pintura livre para as crianças.

Diversão - As crianças serão recebidas pela trupe dos palhaços Baba Baby e Kika, que vai orientar as brincadeiras e recreação. A Turma Tá Blz, com a cantora Nik Fernandes e os personagens Pocoyo, Sonic, Ursinho Poof, Gato Ben, farão um show musical e de performance lúdica. O DJ Jhony Fernandes fará toda a trilha sonora do espetáculo do Tá Blz.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Funesc inscreve para oficina ‘Organização de Carreiras Artísticas’ em Brejo do Cruz, na Paraíba

Funjope abre exposição ‘João Pessoa: Pluralidade Visual’ nesta quarta-feira

Em live, Caetano Veloso confirma casos "fugazes" com homens

Maestro norte-americano Paul Chou rege orquestra da UFPB na abertura do Festival Internacional de Música de Câmara