Taxa básica

Banco Central interrompe ciclo de cortes dos juros e mantém Selic em 10,5% ao ano

Decisão do Copom do Banco Central ocorre após críticas de Lula a Campos Neto e se alinha às expectativas de economistas e investidores

Polícia Civil, prisão, chefe, quadrilha, fraudes, bancos, prejuízo

Imagem ilustrativa (Foto: Reprodução)

O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central decidiu interromper nesta quarta-feira (19) o ciclo de cortes da taxa básica de juros iniciado em agosto do ano passado e manteve a Selic em 10,5% ao ano. A decisão unânime veio alinhada às expectativas do mercado, que esperava a manutenção da taxa, devido aos juros nos Estados Unidos, à inflação e ao aumento da percepção de risco fiscal no Brasil.

Na última reunião, no início de maio, o Copom reduziu a taxa pela sétima vez consecutiva, para 10,5% ao ano. Entretanto, a velocidade dos cortes diminuiu.

De agosto de 2023 a março de 2024, o comitê reduziu, a cada reunião, os juros básicos em 0,5 ponto percentual. Já na reunião de maio, a redução foi de 0,25 ponto percentual.

Copom reduz juros básicos da economia para 10,5% ao ano
Copom reduz juros básicos da economia para 10,5% ao ano

Decisão do Banco Central

A decisão do Copom ocorre um dia após as críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao chefe do Banco Central, Roberto Campos Neto. Em entrevista a uma rádio, o petista afirmou que o presidente do BC não demonstra “autonomia”, tem “lado político” e trabalha para “prejudicar” o país.

“Nós só temos uma coisa desajustada no Brasil nesse instante: o comportamento do Banco Central. Essa é uma coisa desajustada. Um presidente que não demonstra nenhuma capacidade de autonomia, que tem lado político e, na minha opinião, trabalha muito mais para prejudicar o país do que para ajudar o país. Não tem explicação a taxa de juros do jeito que está”, afirmou.

R7

COMPARTILHE

Bombando em Economia

1

Economia

Brasil deve ter mais de 80 mil novos milionários em 4 anos com aumento da concentração de renda, diz UBS

2

Economia

Dia dos Pais: presidente da Fecomércio projeta “crescimento natural nas vendas” para a data comemorativa na Paraíba

3

Economia

Maioria dos deputados da Paraíba votam a favor da anistia das dívidas a partidos políticos; apenas um vota contra

4

Economia

Sindalcool confirma aumento no preço do etanol na Paraíba e cita entressafra como principal fator

5

Economia

Aumento da gasolina: Procon fiscaliza quase 40 postos de combustíveis em João Pessoa e outras 10 cidades