Economia

Brasileiros mudam estratégia e optam mais por cartão de crédito do que empréstimos pessoais

Em direção oposta ao cartão de crédito, o empréstimo pessoal era o preferido dos brasileiros em março,mas caiu.

cartão, maquineta, empréstimos

Unidades Federativas tiveram alta na busca do consumidor por crédito

O cenário de crédito dos brasileiros apresentam bruscas mudanças no comportamento do consumidor brasileiro, revela o Mapa Serasa Crédito de maio. O estudo mensal mostra que o cartão de crédito assumiu a liderança entre as modalidades mais desejadas pelos consumidores que buscam um dinheiro além da renda habitual. Mencionado em março por 45% dos pesquisados, o cartão agora chega à marca de 55% das preferências.

Tipos de crédito dos brasileiros
Tipos de crédito dos brasileiros

Em direção oposta ao cartão de crédito, o empréstimo pessoal, que era o preferido em março, caiu para 47%, registrando uma queda de 10 pontos percentuais em 90 dias – abril já havia registrado queda de 6 pontos percentuais. O crédito consignado se manteve na terceira posição dos tipos de crédito procurados, mas com uma procura menor.

Intenção de Busca dos brasileiros por Crédito

O estudo também indica uma diminuição considerável na intenção de busca por crédito, registrando uma queda de 10 pontos percentuais na comparação entre os meses de março e maio. No levantamento de maio, 55% dos entrevistados afirmam que devem buscar crédito em breve – em março, por sua vez, esse percentual figurava na casa de 65%.

“No primeiro trimestre, os brasileiros precisaram arcar com as tradicionais contas do período, como pagamento de IPVA, IPTU, matrículas nas escolas e outros gastos sazonais, como despesas de férias familiares”, explica Lucas Barleta, gerente do Serasa Crédito. Segundo ele, o empréstimo atuava como uma ferramenta para lidar com essas grandes contas de início de ano, mas passado esse período o cartão de crédito assume seu posto de preferido pelos consumidores brasileiros para as despesas consideradas cotidianas.

Neste novo cenário, o cartão pode ser um aliado para a organização financeira, desde que utilizado com muita responsabilidade, em especial nos gastos de rotina. “Com menos urgência, o brasileiro consegue olhar com mais calma para os benefícios dos cartões disponíveis, comparar as taxas e ponderar melhor sobre as possibilidades para tomar o crédito de forma mais consciente. A educação financeira pode ser a chave para estabelecer um bom planejamento a longo prazo e evitar o endividamento”, afirma Barleta.

COMPARTILHE

Bombando em Economia

1

Economia

PESQUISA: confira algumas ofertas com melhor custo-benefício para você aproveitar o melhor do Amazon Prime Day

2

Economia

Sebrae e Virtus-CC promovem maratona de 8 horas de startups gratuita em Campina Grande

3

Economia

Preço do litro da gasolina chega a R$ 6,68 em cidades da Paraíba após aumento anunciado pela Petrobras

4

Economia

Amazon Prime Day tem ar-condicionados, TVs, Air fryers e milhares de ofertas; confira as melhores

5

Economia

Imposto de Renda 2024: veja data para consulta do 3º lote da restituição e como fazer