Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Economia

Editoria sobre Economia ir para editoria →

Confira

Governo publica calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial

Também nesta sexta, foi sancionada a lei que amplia o grupo de pessoas aptas​ a receber o benefício.

Inicialmente, os recursos estarão disponíveis apenas em na poupança social digital para movimentações digitais (Foto: Reprodução)

Por

O calendário do pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600 foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (15). Também nesta sexta, foi sancionada a lei que amplia o grupo de pessoas aptas a receber o benefício.

Segundo portaria sobre o calendário, assinada pelo ministro Onyx Lorenzoni, quem recebeu a 1ª parcela até 30 de abril receberá o crédito da segunda parcela em poupança social digital a partir de quarta-feira (20), de acordo com a data de nascimento.

Inicialmente, os recursos estarão disponíveis apenas em na poupança social digital para movimentações digitais: pagamento de contas, de boletos e realização de compras por meio de cartão de débito virtual. Os saques em espécie para esse público poderão ser feitos só a partir de 2 de junho, também de acordo com a data de nascimento.

Para quem recebe o Bolsa Família, o calendário é diferente. Os saques em espécie começam na segunda-feira (18) para beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) 1. Os demais serão liberados nos dias seguintes.

Confira o calendário:



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Auxílio Emergencial: Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em março

Dólar é cotado a R$ 5,3833 nesta quarta-feira

Petrobras eleva novamente preço da gasolina nas refinarias

João Azevêdo diz que espera por avanço de cidades em flexibilização do comércio, mas destaca que modelo de bandeiras precisa ser respeitado