Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Economia

Editoria sobre Economia ir para editoria →

Consulta

Mais de 2 mil paraibanos receberão R$ 5 milhões no sétimo lote de restituição do Imposto de Renda

O lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física ficará disponível a partir de 16 de dezembro e contempla também as restituições residuais referentes aos exercícios de 2013 a 2018.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (Foto: Reprodução)

Por

A partir desta segunda-feira (09) já está disponível para consulta o sétimo lote de restituição do Imposto de Renda referente ao exercício de 2019. Somente na Paraíba, o crédito bancário será feito para 2.365 contribuintes, totalizando o valor de R$ 5.294.729,10.

O lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física ficará disponível a partir de 16 de dezembro e contempla também as restituições residuais referentes aos exercícios de 2013 a 2018 (anos-calendários 2012 a 2017).


Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.economia.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possivel acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências e então fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF.Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Claro TV é condenada a indenizar homem que teve nome negativado no SPC e Serasa de forma indevida

Após encerrar 2019 a R$ 4, dólar se aproxima dos R$ 4,20

Atividade econômica cresce 0,18%, diz Banco Central

Mês da Black Friday frustra previsões e coloca em dúvida ritmo da retomada