Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Economia

Editoria sobre Economia ir para editoria →

Benefício

Nascidos em março recebem última parcela do auxílio emergencial

O benefício também será pago a inscritos no Bolsa Família, com o número de identificação social (NIS), de final 5.

A quantia é depositada em poupança digital e saques serão liberados em 4 de novembro. (Foto: Reprodução)

Por

A Caixa Econômica Federal paga, nesta sexta-feira (22), o valor da sétima e última parcela do auxílio emergencial para trabalhadores informais nascidos em março. O benefício também será pago a inscritos no Bolsa Família, com o número de identificação social (NIS), de final 5.

A quantia é depositada em poupança digital e saques serão liberados em 4 de novembro. No entanto, o dinheiro pode ser movimentado aplicativo para pagamento de contas e compras.

O auxílio emergencial de 2021 é limitado a uma pessoa por família. Anteriormente, dois integrantes de um mesmo grupo familiar podiam se beneficiar, segundo legislação publicada pelo governo em abril. O calendário de depósitos segue até 31 de outubro, com resgate em dinheiro no período de 1º a 19 de novembro.

O valor varia entre R$ 150 e R$ 375 dependendo do perfil familiar. Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial, pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Auxílio Brasil: MP não garante retroativo de R$ 400 de novembro, nem valor extra para 2022

Vale-gás do governo deve ser menor do que o esperado, de R$ 48

Comissão do Senado aprova projeto que cria nova política de preços para combustíveis

Empregadores têm até essa terça-feira para quitar parcelas suspensas do FGTS