R$ 150 mil

Startups serão selecionadas na Hackathon do Nordx e receberão investimento do Governo da Paraíba

Claudio Furtado participou da abertura e anunciou que as cinco startups escolhidas durante a Hackathon realizada no Nordx serão incubadas no Parque Tecnológico Horizontes da Inovação e receberão o investimento de R$ 30 mil cada, pela Fapesq.

startups, nordx, hackathon, claudio furtado

Foto: Secom-PB

O Governo da Paraíba vai investir R$ 150 mil em startups que serão selecionadas na Hackathon do Nordx, evento de empreendedorismo e inovação que acontece até esta quarta-feira (27), em Campina Grande. O anúncio foi feito nesta terça-feira (26) pelo secretário de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior (Secties), Cláudio Furtado.

O secretário Claudio Furtado participou da solenidade de abertura e anunciou que as cinco startups escolhidas durante a Hackathon (dinâmica competitiva) realizada no Nordx serão incubadas no Parque Tecnológico Horizontes da Inovação e receberão o investimento de R$ 30 mil cada, pela Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq).

Em seu discurso, Furtado destacou as ações do Governo da Paraíba na área de Ciência, Tecnologia e Inovação ressaltando que uma das missões da Secties é transformar ideias em produtos e esse investimento faz parte da série de ações que vêm sendo realizadas para fomentar esse trabalho na Paraíba.

“O nosso Estado tem mais de 31 cidades com universidades. Se a gente olhar nos últimos cinco anos os rankings dos depósitos de patentes INPI, sempre há uma ou duas instituições entre as primeiras do ranking. Nós, enquanto Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, temos como missão que essas patentes, essas ideias, possam se tornar em produtos, para que delas possam surgir empresas que contribuam cada vez mais para o PIB do Estado da Paraíba”, disse o secretário.

Ainda segundo Cláudio Furtado, além do atual potencial da Paraíba em formar mão de obra qualificada, os esforços agora serão em manter esses profissionais no Estado, incentivando o empreendedorismo e a inovação. “O Estado tem o maior número de vagas no Sisu, proporcionalmente, então temos algo muito importante, que é a mão de obra. Mas sempre fomos exportadores dessa mão de obra, uma grande missão atual do governo é fixar essas pessoas aqui no Estado e uma maneira de fazer isso é incentivando o empreendedorismo e a inovação de diversas maneiras”.

Na opinião de Philipe Moura, idealizador do evento, a parceria entre a Secties e o Nordx vai fomentar os esforços do Governo do Estado em transformar educação superior de ponta em inovação para a indústria e o comércio. “Eu acho que a gente não poderia ser melhor parceiro do que a secretaria, que trabalha 365 dias no ano para favorecer essas causas. Por conta dos grandes parques tecnológicos e da liderança do secretário Cláudio, a gente vai promover o hackathon para desenvolvimento de novas ideias na área de sustentabilidade para resíduos sólidos da indústria”.

Segundo ele, os investimentos serão essenciais para criar as startups a partir do evento. “Para isso, contamos com o apoio da secretaria, por meio do Parque Horizontes da Inovação, para desenvolver essas startups, acelerá-las e torná-las viáveis, inclusive com aporte financeiro”, completou Philipe Moura.

O presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), Rangel Júnior, também participou do evento e ressaltou sua importância para o desenvolvimento da Paraíba. “Essa iniciativa é importante não apenas do ponto de vista material, como também de nos fazer presentes, no sentido de estimular, apoiar e dialogar com todas as pessoas desse ecossistema, para que possamos também aprender um pouco e assim construir novas políticas que possam impulsionar o setor”, afirmou.

Hackathon

O hackathon realizado no evento é uma parceria com a Federação de Indústrias da Paraíba (Fiep), com apoio do Senai-PB, Sesi-PB e Sebrae. Ao todo, 40 pessoas estão participando do hackathon, divididos em oito equipes. As startups serão selecionadas a partir de uma comissão avaliadora com um juízes independentes que irão analisar as apresentações das equipes e dar o seu parecer no segundo dia do evento, nesta quarta-feira (26).

O desafio “Inovação para a Sustentabilidade, transformando resíduos em recursos” foi criado a partir de uma necessidade identificada pela Indústria paraibana. Os participantes terão que criar uma solução que reduza a geração de resíduos e o uso dos recursos naturais nos processos de produção, ou que facilite de forma eficaz o reaproveitamento dos resíduos, como medida para possibilitar uma execução mais sustentável das atividades produtivas nos diferentes segmentos industriais e contribuir para a redução do impacto ambiental, a economia circular, dentre outras vantagens.

Confira também

startups, nordx, hackathon, claudio furtado
Foto: Secom-PB
startups, nordx, hackathon, claudio furtado
Foto: Secom-PB
startups, nordx, hackathon, claudio furtado
Foto: Secom-PB

 

 

Com informações da Secom-PB

COMPARTILHE

Bombando em Economia

1

Economia

Mais de 300 mil MEIs, micro e pequenas empresas da Paraíba podem renegociar dívidas; veja como

2

Economia

Receita Federal abre hoje consulta ao lote residual de restituição do imposto de renda

3

Economia

INSS antecipa primeira parcela do 13º dos aposentados; pagamento será feito junto com benefício de abril

4

Economia

Campina Grande inicia semana com 92 oportunidades de emprego; confira

5

Economia

Banco do Brasil propõe aumento de quase 57% para paraibana presidente do órgão