Aquecimento

Vendas de Natal no Brasil devem crescer 5,6% em relação a 2022

O crescimento previsto agora é o maior nos últimos quatro anos e representa uma recuperação significativa do setor.

Vendas de Natal no Brasil devem crescer 5,6% em relação a 2022

Expectativa para as vendas no Natal de 2023 é mais de 5% maior que em 2022 — Foto:Reprodução/Jornal Nacional

Comerciantes e consumidores estão animados para este Natal. A expectativa é que as vendas sejam melhores do que as do ano passado.

Sacola, nesta época do ano, é um termômetro: indicador de Natal aquecido.

“[Tem sacola] pra quase todo mundo, vou ter que voltar”, diz Cássia Sinfronio, professora aposentada, durante suas compras.

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, as vendas deste Natal devem movimentar quase R$ 69 bilhões, o que representa um aumento de 5,6% em relação a 2022.

“Compramos livro para dar de presente para a afilhada, né e os perfuminhos, sabonete…”, diz Aparecida, aposentada. “Comprar alguma coisa, se não for muita, mas pouca… tem que comprar”, diz Raimundo de Freitas.

O ramo de supermercados, responsável por cerca de 40% dos gastos nessa época, deve faturar mais de R$25 bilhões.

“Produtos altamente perecíveis sempre fica para última hora, então, nosso movimento concentra sempre dia 20 em diante”, diz Julio Aoki, proprietário. “Panetone, bacalhau, o pessoal capricha um pouquinho mais para o final do ano, mas o que eleva bastante mesmo são as frutas no geral.”

O crescimento previsto agora é o maior nos últimos quatro anos e representa uma recuperação significativa do setor.

Em um shopping da Zona Sul de São Paulo, por exemplo, a expectativa sugere um aumento de 16% em relação ao Natal passado. E um passeio rápido confirma esse otimismo.

“Acho que comprei mais esse ano, ano passado foram mais lembrancinhas assim. Esse ano, a família toda vai ganhar presente”, diz Amanda Lima Gonçalves, coordenadora de marketing.

“Conseguimos relaxar um pouquinho e soltar um pouquinho a rédea, não muito mas… já dá pra agradar? Já dá pra agradar”, diz Angelica Cristina Andrade, auxiliar administrativa.

Pedro, outro cliente do shopping, está num emprego novo, garantiu o décimo terceiro e tratou de presentear logo quem mais importa. “O próprio Pedro. Que eu mereço”, afirma ele.

COMPARTILHE

Bombando em Economia

1

Economia

Senado aprova isenção de Imposto de Renda para quem ganha até dois salários mínimos

2

Economia

Pesquisa mostra variação de 109% no valor da cesta básica em João Pessoa  

3

Economia

Caixa começa a pagar Bolsa Família de abril

4

Economia

Inflação de março pesou menos para famílias de renda alta, aponta Ipea

5

Economia

Brasileiros têm R$ 7,78 bilhões “esquecidos”; saiba como resgatar