Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Educação

Editoria sobre Educação ir para editoria →

Educação

Colação de grau e diploma na UFPB só depois da quarentena

Ato oficial, obrigatório para emissão do diploma, poderá ser liberado para casos excepcionais

Durante isolamento social, estudantes terão que solicitar certificado de conclusão, com validade de 6 meses. Láurea acadêmica somente com retorno das atividades presenciais. (Foto: Angélica Gouveia)

Por

A Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) divulgou nesta terça-feira (31) orientações sobre colação de grau para estudantes concluintes no semestre letivo de 2019.2. 

O documento também esclarece os procedimentos para emissão de certificado de conclusão oficial, com validade de seis meses.

Na atual circunstância em que as recomendações oficiais são manter isolamento social e evitar aglomerações devido ao novo coronavírus (Covid-19), a indicação da PRG é aguardar o retorno das atividades presenciais para fazer as colações de grau.

O boletim informativo, em consonância com a Portaria nº 90 da Reitoria da UFPB, dispõe sobre o cancelamento das colações de grau. A pró-reitora de graduação Ariane Sá destaca a situação de excepcionalidade decorrente da necessidade de se evitar o convívio social.

“O fato é que o ritual de colação de grau, ápice do momento acadêmico, dada a excepcionalidade das circunstâncias, não poderá ocorrer no encerramento do período letivo. Assim, resta-nos aguardar o retorno das atividades presenciais na UFPB para que os Centros de Ensino organizem as colações de grau e possamos, com os formandos, seus amigos e familiares, comemorar este grande acontecimento de suas vidas”.

Atendendo à demanda de alguns diretores de centro, com justificativa previamente autorizada pela PRG, há duas formas excepcionais para solicitar colação de grau: pedido em separado, requerido para um único formando, e o coletivo, solicitado para um grupo de estudantes ou para toda a turma.

A PRG adverte que, para as solicitações de colação de grau coletiva, a direção de centro emita a certidão. O documento substituirá a comum ata de colação de grau, devendo ser anexada ao processo eletrônico que será protocolado à Subcoordenação de Registro de Diplomas.

Conforme as regras divulgadas no boletim, após a mudança de status do vínculo do aluno para “concluído” pela subcoordenação, o processo retornará para a coordenação de curso. A partir disso, a própria coordenação poderá emitir o certificado de conclusão oficial, disponível no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa). O documento terá validade por seis meses para fins comprobatórios. Já o diploma somente será disponibilizado após o retorno das atividades presenciais.

“Na impossibilidade de realização de reunião para concessão de grau, em casos devidamente justificados, a Pró-Reitoria de Graduação, em parceria com as direções de centro e as coordenações de curso, criou essa sistemática para atender aos estudantes que necessitem, por alguma razão considerada excepcional, do certificado de conclusão de curso para fins de comprovação”, ratifica a gestora.

Quanto à concessão de láurea acadêmica, as coordenações de cursos poderão fazer a solicitação, mas, por se tratar de uma distinção meramente de reconhecimento do excepcional desempenho do estudante, a PRG somente emitirá o diploma de láurea acadêmica no retorno das atividades presenciais.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Após recusa de universidades, MEC desiste de retorno das aulas em janeiro

Retorno às aulas presenciais em escolas paraibanas deve ser definido ainda este ano, diz Geraldo Medeiros

Escola da zona rural da Paraíba vence etapa estadual do Prêmio Gestão Escolar 2020

Reitor da UFPB, Valdiney Gouveia, afirma que definição sobre aulas em 2021 deve sair ainda hoje