Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Educação

Editoria sobre Educação ir para editoria →

Retomada

Inquérito sorológico para avaliação de retorno das aulas presenciais na Paraíba deverá ser concluído apenas em dezembro, avalia secretário de Educação

O secretário de Educação, Cláudio Furtado, informou ao ClickPB que o estudo com estudantes de escolas públicas deve ser feito entre 45 dias a dois meses, a começar do dia 10 de outubro.

Serão avaliados alunos de 6 a 17 anos, de 80 municípios paraibanos. O inquérito sorológico vai avaliar o número de infectados e o contato desses estudantes com pessoas de grupo de risco. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

Por

O inquérito sorológico para avaliação de retorno das aulas presenciais na rede de ensino estadual na Paraíba pode ser concluído apenas em dezembro. O secretário de Estado da Educação, Cláudio Furtado, informou ao ClickPB, nesta terça-feira (29), que o estudo com estudantes de escolas públicas deve ser feito entre 45 dias a dois meses, a começar do dia 10 de outubro.

"Se a gente constatar que essa volta das aulas aumente o número de casos, e possa impactar no uso de leitos, a gente não vai fazer com que volte (a rotina de aulas presenciais). Vamos avaliar o que é seguro e o que é inseguro para ter dados científicos para tomar a decisão", explicou o secretário Cláudio Furtado ao ClickPB, nesta terça-feira.

Serão avaliados alunos de 6 a 17 anos, de 80 municípios paraibanos. O inquérito sorológico vai avaliar o número de infectados e o contato desses estudantes com pessoas de grupo de risco.

O estudo quer saber a proporção do risco de transmissão do novo coronavírus entre esse grupo de alunos e seus contatos e como isso pode causar aumento no número de infectados. Se a pesquisa demonstrar que o risco é baixo, o Estado da Paraíba poderá pensar em um retorno de aulas presenciais mais próximo. Do contrário, as aulas presenciais devem ter retomada adiada, certamente para 2021.

O secretário explicou que os alunos não serão prejudicados, pois poderão concluir o ano letivo atual através das aulas remotas.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Alpargatas inscreve até 6 de novembro em programa com vagas para estágio remoto

UFPB convoca lista de espera do Sisu 2020.2 após MPF alertar que universidade não pode escolher anular convocação

João Azevêdo anuncia que convocação de 590 aprovados no concurso da Educação deve sair em novembro

Professor de português explica a diferença entre falha e desvio para redação do Enem 2020