Educação

UFPB assina convênio de intercâmbio com organização internacional para estudantes de medicina

O convênio assinado permitirá que alunos da UFPB e estudantes de outros países façam intercâmbio de acordo com programas curriculares e extracurriculares.

UFPB

As inscrições para concorrer já estão abertas (Foto: UFPB)

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), por meio da Agência de Cooperação Internacional (ACI) e o Centro de Ciências Médicas (CCM), assinaram, neste mês de junho, um convênio de intercâmbio de estudantes com a International Federation of Medical Students Associations of Brazil (IFMSA Brazil).

Servidores, Hospital Universitário, greve, trabalho, acordo coletivo, TST
Hospital Universitário Lauro Wanderley. (Foto: Reprodução)

O convênio assinado prevê a oferta de intercâmbios médico-acadêmicos para estudantes da graduação em medicina por meio do Programa de Intercâmbio Internacional e Nacional promovido pela entidade, que é uma organização não governamental sem fins lucrativos mediadora de intercâmbios e que está presente em mais de 123 países.

A IFMSA é ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS), à Organização das Nações Unidas (ONU) e à Associação Médica Mundial (AMM). No Brasil, está presente em 166 escolas médicas.

Os tipos de programas de intercâmbio oferecidos, que variam de 4 a 8 semanas de duração, serão os seguintes: Intercâmbio Curricular/Extracurricular Médico-Acadêmico de Observação Clínico-cirúrgica Internacional, Intercâmbio Extracurricular Médico-Acadêmico de Observação de Pesquisa Internacional, Intercâmbio Médico-Acadêmico de Observação Clínico-cirúrgica Nacional, Intercâmbio Extracurricular Médico-Acadêmico de Observação de Pesquisa Nacional.

Medicina da UFPB

Conforme o documento, para participar dos programas, o estudante deve estar regularmente matriculado no curso de Medicina da UFPB. Além disso, critérios relacionados à participação do estudante em atividades acadêmicas serão analisados durante o processo seletivo para esses programas.

As atividades relacionadas ao intercâmbio deverão ser realizadas em períodos de recesso do calendário letivo da UFPB para os estudantes que estejam no 1º ao 8º período do curso. No caso dos discentes do internato, essas atividades poderão ser realizadas durante a vigência do calendário, desde que haja compatibilidade de área médica e também do período do rodízio matriculado.

A UFPB não será responsável por taxas de inscrição no processo ou custos referentes à viagem, sendo de inteira responsabilidade de cada estudante participante. Despesas de estadia e alimentação serão custeadas pela IFMSA Brazil.

Segundo o convênio pactuado, a UFPB também receberá alunos de outras instituições de acordo com a disponibilidade de vagas nos campos clínicos e cirúrgicos e de pesquisa. A aprovação do intercambista a ser recebido na Universidade ocorrerá mediante análise de histórico escolar, a fim de verificar a compatibilidade com as áreas requeridas pelo estudante. Ainda de acordo com o documento, este discente não receberá, em nenhuma hipótese, remuneração por parte da UFPB ou de seus Hospitais Escola.

O acordo possui prazo de vigência de 5 anos.

Confira aqui o documento instrumento do acordo.

COMPARTILHE

Bombando em Educação

1

Educação

Paraibanos podem concorrer a curso gratuito de treinamento em Inteligência Artificial; veja como participar

2

Educação

Sebrae e Virtus-CC promovem maratona de 8 horas de startups gratuita em Campina Grande

3

Educação

UFPB abre seleção com 18 vagas para professor, com salários de até R$ 7,3 mil; veja como concorrer

4

Educação

Prorrogada para o dia 19 convocação de lista de espera do Fies

5

Educação

Diretores de escolas estaduais: cai para 20% número de contratado por indicação