Crime eleitoral

Eleitor é preso por fotografar momento do voto na urna em Patos, na Paraíba

O suspeito foi flagrado pelos fiscais da sessão fotografando a urna eletrônica no momento do voto.

Pesquisa, Eleições, Urna

Pesquisa vai mostrar cenário eleitoral em Campina Grande (Foto: reprodução)

Um eleitor foi preso na manhã deste domingo (30), por fotografar a urna eletrônica no momento do voto, em Patos, no Sertão da Paraíba. O caso aconteceu na Escola Ágape, no Bairro da Vitória.

O suspeito foi flagrado pelos fiscais da sessão fotografando a urna eletrônica no momento do voto. 

A presidente da sessão pediu ao eleitor para mostrar o celular e verificou que ele havia fotografado o seu candidato na urna eletrônica. A presidente acionou o responsável pelo local de votação, a polícia militar foi acionada e a juíza eleitoral comunicada sobre o fato.

O eleitor foi detido e as medidas cabíveis foram tomadas. O cidadão, que não teve o nome revelado, foi responder processo diante do crime e deve ser punido conforme determinam as leis.

A pena para esse tipo de crime eleitoral é de dois anos de detenção.

COMPARTILHE

Bombando em Eleições

1

Eleições

Major Sidnei alega insegurança partidária e perseguição de Gervásio Maia após deixar o PSB

2

Eleições

Exclusivo: Gleisi convoca reunião urgente com Cartaxo, Cida, Jackson, Tulio e Couto para definir eleição em JP

3

Eleições

Murilo Galdino nega ida de Romero Rodrigues ao Republicanos: “não é mais real e deve permanecer no Podemos”

4

Eleições

Lideranças do PL e do Novo se reúnem em João Pessoa para discutir alianças para eleições

5

Eleições

Advogado explica regras para Inteligência Artificial nas Eleições: “intenção da Justiça Eleitoral é evitar abusos e desequilíbrio desproporcional”