Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Eleições

Editoria sobre Eleições ir para editoria →

Eleições 2022

Em jantar, Ciro Gomes e Datena discutem alianças para 2022, diz jornal

Pré-candidatos às eleições de 2022 já haviam se encontrado em outras ocasiões, mas não mencionaram possibilidade de aliança.

Ciro Gomes (PDT) e José Luís Datena (PSL). (Foto: Reprodução)

Por

Ciro Gomes (PDT) e José Luiz Datena (PSL), pré-candidatos às eleições presidenciais de 2022, jantaram juntos no último sábado (2) e discutiram possíveis alianças, segundo apuração do jornal O Estado de S. Paulo.

A reunião aconteceu 20 dias após o presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmar ter convidado Datena a ingressar no partido. O jornalista se filiou ao PSL recentemente e foi cogitado como pré-candidato para 2022 . Uma possível fusão com o DEM, no entanto, pode mudar a situação do apresentador no cenário das próximas eleições.

Datena disse que não aceitará concorrer à vice-presidência caso os partidos se fundam. "Mesmo no segundo cenário estou na frente do Doria… Do Doria, do Mandetta, do Pacheco.. Os caras estão fundindo um partido e querem que eu seja vice do Mandetta, do Pacheco... Já estou dizendo que não vou ser. Não vou ser", afirmou ele.

Datena e Ciro já haviam se encontrado dez dias atrás durante um programa na Rádio Bandeirantes, onde trocaram elogios. Na ocasião, porém, nem o apresentador, nem o pré-candidato à presidência se pronunciaram sobre a possibilidade de Datena ser vice de Ciro na chapa para 2022.  

Ciro Gomes (PDT) e José Luiz Datena (PSL), pré-candidatos às eleições presidenciais de 2022, jantaram juntos no último sábado (2) e discutiram possíveis alianças, segundo apuração do jornal O Estado de S. Paulo .

A reunião aconteceu 20 dias após o presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmar ter convidado Datena a ingressar no partido. O jornalista se filiou ao PSL recentemente e foi cogitado como pré-candidato para 2022 . Uma possível fusão com o DEM, no entanto, pode mudar a situação do apresentador no cenário das próximas eleições.

Datena disse que não aceitará concorrer à vice-presidência caso os partidos se fundam. "Mesmo no segundo cenário estou na frente do Doria… Do Doria, do Mandetta, do Pacheco.. Os caras estão fundindo um partido e querem que eu seja vice do Mandetta, do Pacheco... Já estou dizendo que não vou ser. Não vou ser", afirmou ele.

Datena e Ciro já haviam se encontrado dez dias atrás durante um programa na Rádio Bandeirantes, onde trocaram elogios. Na ocasião, porém, nem o apresentador, nem o pré-candidato à presidência se pronunciaram sobre a possibilidade de Datena ser vice de Ciro na chapa para 2022.  

Ao portal UOL, o apresentador disse, na última semana, que "acharia muito legal ser vice" de Ciro Gomes , mas afirmou que a possibilidade é difícil, já que o PDT provavelmente tentaria alguma coligação.

De acordo com ele,  Lupi afirmou que há possibilidade de ele concorrer ao governo de São Paulo pelo PDT, mas o jornalista disse que prefere o Senado.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

PSDB anuncia para este sábado conclusão de prévias entre Doria e Eduardo Leite

Ala da União Brasil pressiona por aliança com Moro na eleição de 2022

Mandetta desiste de pré-candidatura à Presidência

Modalmais/Futura: Moro vence Bolsonaro no segundo turno, mas não ganha de Lula