Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Eleições

Editoria sobre Eleições ir para editoria →

Eleições 2022

Fachin diz que a Justiça Eleitoral vai realizar eleições íntegras, seguras e pacíficas

Presidente do TSE recebeu homenagem em Belém.

O ministro Edson Fachin, presidente do TSE. (Foto: Abdias Pinheiro/SECOM/TSE)

Por

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, voltou a defender nesta segunda-feira a segurança das urnas eletrônicas e disse que as eleições de outubro serão "íntegras, seguras e pacíficas". Ele recebeu uma homenagem nesta manhã em Belém, onde recebeu do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará a Medalha de Mérito Eleitoral. Fachin não citou nomes, mas o principal crítico da segurança das urnas eletrônicas, mesmo sem apresentar provas, têm sido o presidente Jair Bolsonaro.

— Mirando os tempos desafiadores que temos pela frente, lembro o que disse Gianfranco Ravasi [cardeal católico]: a luz brilha ainda mais quando brota a escuridão. Nós vamos responder com luz, com civilidade, com serenidade, e também com firmeza — disse Fachin, concluindo:

— Que as águas das chuvas que acompanham os belenenses praticamente todos os dias durante o seu inverno tropical seja a metáfora de renovação dos ciclos de paz, prosperidade, numa sociedade livre, aberta e plural que respeite a diferença e que busque a verdadeira igualdade. É com esse espírito que realizaremos as eleições em outubro. Eleições íntegras, seguras e pacíficas, uma vez mais como temos feito há 90 anos.

Ele destacou que o trabalho da Justiça Eleitoral é conjunto, de 28 tribunais, numa referência ao TSE e aos 27 TREs instalados nos estados. Lembrou que são cerca de 22 mil servidores e 3 mil juízes, além de 2 milhões de mesários que trabalharão no pleito de outubro. Segundo ele, estão todos "juntos e sintonizados" em prol da democracia.

— Tudo e todos a utilizar um parque de 575 mil seguras urnas eletrônicas. Estamos, pois, a serviço do país e de aproximadamente 152 milhões de eleitores que pacificamente comparecerão às urnas no próximo dia 2 de outubro para manifestar de modo livre e consciente o voto secreto.

Apesar dos tempos difíceis, demonstrou otimismo:

— Os tempos não são os mais tranquilos. Todavia, como se diz, mar calmo não faz bom marinheiro.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2022 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Ordem de candidatos para guia eleitoral na rádio e TV será definida na próxima sexta-feira, no TRE-PB

Religiosos: 22 candidatos na Paraíba adotam nomes relacionados à igreja nas urnas; 13 são pastores

Patente: Paraíba soma 27 candidatos policiais em 2022 e sargento é maioria entre postulantes

Pardal: aplicativo de combate à corrupção eleitoral já tem quatro denúncias na Paraíba