Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Concurso

Oportunidades de emprego ir para editoria →

CRQ

Após biomédicos, engenheiros químicos vão entrar na Justiça para concorrer a cargos de perito no concurso da Polícia Civil da Paraíba

O Conselho Regional de Química defende que seus profissionais têm competência para exercerem os cargos e lamenta falta de apoio político para atender demandas da categoria.

O Conselho Regional de Biomedicina (CRBM) conseguiu decisão judicial que permite que seus profissionais concorram ao cargo de perito no concurso da Polícia Civil da Paraíba. (Foto: Walla Santos)

Por

O Conselho Regional de Química da 19ª Região (CRQ XIX – PB) decidiu nesta segunda-feira (7) que vai ingressar com uma liminar na Justiça para que engenheiros químicos também possam concorrer aos cargos de perito oficial químico-legal (área: geral) e perito oficial químico-legal (área: química) no concurso da Polícia Civil da Paraíba.

A decisão foi tomada após a repercussão da liminar concedida pela 2ª Vara Federal ao Conselho Regional de Biomedicina (CRBM) com o mesmo objetivo. Ao ClickPB, a presidente do CRQ, Raquel Lima, afirmou que os profissionais devem ser contemplados pois também exercem funções compatíveis ao exigido para perito.

"Os engenheiros químicos têm o know-how e a expertise para concorrer ao cargo por conta da sua graduação e formação. O edital não nos contempla porque ele é feito em cima da lei orgânica deles [peritos], que só consta que químicos industriais podem participar ao pleito", disse.

Raquel também explicou que essa reivindicação não é recente e desde o ano passado o conselho vem tentando incluir os engenheiros químicos no certame. Segundo ela, a categoria não conseguiu atender a esse pedido por falta de apoio político, o que dificulta a conquista de melhorias para os profissionais.

"Infelizmente, nosso conselho não possui um apoio político que lute nossas lutas. Por isso até agora não conseguimos. A imagem que nossos profissionais têm é que não estamos fazendo nada. Mas não é. Só não temos braço político para isso", lamentou.

Concurso

As provas da Polícia Civil acontecem a partir do próximo domingo (13) até o dia 20 de fevereiro, a depender do cargo escolhido pelo candidato. São 1,4 mil vagas oferecidas, sendo 1.262 para ampla concorrência e 138 para deficientes físicos.

Em relação à liminar, o órgão diz que, assim como a comissão e a organização do concurso, não foi notificado pela Justiça e que o certame segue normalmente.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Prefeitura de Malta suspende concurso após recomendação do Ministério Público

Concurso do TRT-13 tem banca organizadora definida; são quatro vagas para preenchimento inicial

Mais de 300 professores aprovados em concurso público são convocados pelo Governo da Paraíba

Fundação PB Saúde convoca quase 50 profissionais aprovados em concurso público