Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Concurso

Concursos públicos e oportunidades de emprego. ir para editoria →

Oportunidade

Bruno Cunha Lima anuncia concursos em Campina Grande para preenchimento de mais de duas mil vagas até 2024

O primeiro concurso deve ser realizado ainda no final deste ano para área da Educação.

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, anunciou nesta terça-feira (7) que ao longo da gestão serão realizados sucessivos concursos.

Por

Até o fim de 2024, Campina Grande deve realizar concursos públicos para preenchimento de mais de duas mil vagas para as áreas de Educação, Saúde e setores administrativos da prefeitura. 

O anúncio foi feito nesta na manhã desta terça-feira (7) pelo prefeito da cidade, Bruno Cunha Lima, que indicou que o primeiro concurso deve acontecer ainda no final deste ano.

O prefeito também afirmou que os interessados em concorrer para a área de Educação já devem começar a se preparar, adiantando estrategicamente os seus estudos com relação às "matérias genéricas", exigidas tradicionalmente nos concursos.

O futuro concurso do setor educacional vai contemplar profissionais como professores, pedagogos e cuidadores. Já para o próximo concurso da Saúde, estarão sendo convocados médicos, psicólogos e enfermeiros, entre outros profissionais.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Terminam hoje as inscrições para CFO do Corpo de Bombeiros da Paraíba com salário inicial de R$ 6 mil

Provas do concurso da Polícia Civil da Paraíba deverão ser adiadas

Concurso da Polícia Civil da Paraíba segue com inscrições abertas até 11 de novembro

Após quase um mês, concurso em Bayeux segue suspenso e indefinição gera cobranças nas redes sociais da prefeitura