Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Concurso

Concursos públicos e oportunidades de emprego. ir para editoria →

Readequação

Justiça suspende concurso da Polícia Civil da Paraíba para cargos de Perito Oficial Médico-Legal

A decisão acatou um pedido do Sindicato dos Médicos que alega que a Lei Orgânica e Estatuto da Polícia Civil não cobram especialidades para preenchimento dos cargos de perito.

Por

A Justiça determinou nesta quinta-feira (3) a suspensão do concurso da Polícia Civil da Paraíba para os cargos de Perito Oficial Médico-Legal Especialista em Psiquiatria e Patologia. A decisão, assinada pela juíza Luciana Celle G. de Morais Rodrigues, da 4ª Vara da Fazenda Pública de João Pessoa, atende a um pedido de setembro de 2021 do Sindicato dos Médicos da Paraíba (Simed-PB), que alega que a Lei Orgânica e Estatuto da Polícia Civil não estaria sendo respeitada.

Segundo o sindicato, a norma não estabelece como requisito para preenchimento aos cargos citados uma especialidade, apenas definindo como única condição a formação de nível superior em Medicina. Desta forma, o Simed entende que houve violação ao Princípio de Legalidade, "uma vez que a Administração Pública só pode ofertar as vagas para os cargos que estão previstos em lei".

"É preciso ter-se em mente que a norma editalícia deve se pautar em conformidade com a legislação atinente ao caso, sobretudo no que diz respeito aos requisitos exigidos para preenchimento dos cargos, em atenção ao inciso I, do art. 37, da Constituição Federal. Dito de outro modo, não pode o edital impor requisitos e condições não previstos em lei", disse a juíza em trecho da decisão.

Ainda de acordo com o documento, a decisão é válida até que se crie por Lei Estadual os cargos de Perito Oficial Médico-Legal Especialista: Psiquiatria e Patologia, com a previsão de remuneração diferenciada compatível com o grau de especialidade. O Simed-PB e o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), organizadora do concurso, devem, em até 10 dias, especificarem as provas que pretendem produzir, sob pena de preclusão ou indeferimento.

Saiba mais:

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Concurso da Prefeitura de Areia tem aplicação de provas objetivas neste domingo

Prefeitura de Várzea inscreve para concurso público com seis vagas e salários de até R$ 13 mil

Fundação PB Saúde prorroga prazo de inscrições de processo seletivo com 1.041 vagas

TJPB institui comissão para elaborar concurso público com vagas para Judiciário na Paraíba