Nino Paraibano

América-MG rescinde contrato de Nino Paraíba, citado em investigação da Operação Penalidade Máxima II

Nome do jogador aparece em listas de participantes de apostas múltiplas em troca de mensagens do grupo criminoso alvo da Operação Penalidade Máxima.

América-MG rescinde contrato de Nino Paraíba, citado em investigação da Operação Penalidade Máxima II

Até o momento, o jogador não foi denunciado. Ou seja, ele não é réu no processo — Foto:Reprodução

Após o Athletico anunciar os desligamentos do lateral-esquerdo Pedrinho e do volante Bryan Garcia, foi a vez do América-MG tomar a decisão de rescindir o contrato do lateral-direito Nino Paraíba. Ele é mais um atleta citado na denúncia do Ministério Público de Goiás (MP-GO) originada pela operação Penalidade Máxima II. A investigação descobriu um esquema de manipulação de jogos de futebol com o objetivo de obter lucro por meio de apostas esportivas.

“O América Futebol Clube informa que o lateral Nino Paraíba teve o contrato rescindido nesta segunda-feira. A decisão foi tomada pela direção do Clube que acatou o pedido de demissão do atleta”, informou o Coelho.

Até o momento, o jogador não foi denunciado. Ou seja, ele não é réu no processo. Ele já havia sido afastado pelo América-MG antes da partida contra o Cruzeiro, no último domingo.

O jogador, que teria usado a conta bancária de sua mãe para receber dinheiro de apostadores e está sendo investigado por atos na época em que atuava pelo Ceará. Além de Nino Paraíba, outros três jogadores do Coelho – Marlon, Matheusinho e Dadá Belmonte – foram citados pelo Ministério Público de Goiás.

COMPARTILHE

Bombando em Esporte

1

Esporte

Treze-PB acerta contratação do volante Marquinhos, ex-Marcílio Dias

2

Esporte

Após perder Estadual, Botafogo-PB encaminha saídas e visa chegada de novos reforços

3

Esporte

VÍDEO: presidente do Sousa debocha do Botafogo após vencer o Paraibano e canta em ‘homenagem’ ao Belo

4

Esporte

Sousa supera o Botafogo-PB nos pênaltis e conquista o Campeonato Paraibano

5

Esporte

Após pedido do Botafogo-PB, Almeidão terá capacidade de 20 mil pessoas para final contra o Sousa