Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Esporte

Editoria sobre Esporte ir para editoria →

Jogos Olímpicos

Brasil sofre expulsão no início, mas controla jogo e empata sem gols com a Costa do Marfim

Douglas Luiz recebe cartão vermelho aos 13 minutos do primeiro tempo, em lance polêmico, após revisão do VAR.

Brasil jogou neste domingo (25) contra a seleção Costa do Marfim. (Foto: CBF)

Por

Tudo igual

Depois de quatro gols e um festival de chances criadas na estreia nas Olimpíadas, contra a Alemanha, a Seleção masculina de futebol passou em branco neste domingo e ficou no 0 a 0 com a Costa do Marfim, em duelo em Yokohama. O Brasil jogou desde os 13 minutos do primeiro tempo com um jogador a menos, por conta da expulsão do volante Douglas Luiz, após revisão do VAR, em lance bastante discutível. Mesmo com um a menos até os 34 minutos do segundo tempo, quando os africanos também receberam um cartão vermelho, a equipe de André Jardine se segurou bem, criou as principais chances na etapa final, mas não conseguiu balançar as redes.

Como fica

Com o empate, a seleção brasileira vai a quatro pontos, se mantém na liderança do Grupo D e fica a um empate da classificação para as quartas de final. A Costa do Marfim também tem quatro pontos. Derrotadas na estreia, Alemanha e Arábia Saudita se enfrentam às 8h30 deste domingo.

Primeiro tempo

A expectativa era de um jogo de defesa contra ataque, com o Brasil pressionando e a Costa do Marfim mais fechada na defesa. Porém, esse cenário durou pouco. Com a expulsão de Douglas Luiz (veja no vídeo abaixo), os africanos passaram a ter mais a bola (53% x 47%) e também as principais chances da etapa inicial. Foram sete finalizações marfinenses, que exigiram boas defesas do goleiro Santos. A equipe de André Jardine ficou mais contida e tentou explorar os contra-ataques, mas criou poucas chances de perigo.

Segundo tempo

O Brasil voltou muito bem do intervalo e, mesmo com um menos, teve a partida sob controle, não permitindo nenhuma finalização da Costa do Marfim. Aos 11, Matheus Cunha foi lançado dentro da área e por pouco não conseguiu finalizar. Cinco minutos depois, o camisa 9 cabeceou firme, mas parou no goleiro Tape. Em busca da vitória, Jardine tentou dar fôlego novo na frente, trocando os três atacantes. A pressão aumentou nos 15 minutos finais, após a expulsão de Eboue Kouassi, que deixou a partida com 10 contra 10. Nos acréscimos, Malcom teve ótima chance, após cruzamento de Martinelli, mas acabou cabeceando para fora.

Desfalque confirmado

Com a expulsão, Douglas Luiz terá de cumprir suspensão na próxima rodada. As principais opções do técnico André Jardine para o setor são Gabriel Menino e Matheus Henrique.

Próximo jogo

O Brasil encerra a participação na fase de grupos das Olimpíadas na quarta-feira, quando enfrenta a Arábia Saudita, às 5h30 (de Brasília), em Saitama. Já a Costa do Marfim terá a Alemanha pela frente.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Brasil vence a Argentina com placar de 4x1 em jogo no Almeidão, em João Pessoa

Estádio Almeidão, em João Pessoa, receberá 700 convidados para segunda partida da Seleção Brasileira contra Argentina na Paraíba

Mano Menezes é demitido na Arábia Saudita após 12 jogos no comando do Al-Nassr

Atleta paraibano Eduardo Filho conquista título de campeão na Copa do Brasil de Karatê Esportivo