Paulista

Com gols de Guilherme, Santos vence o Guarani antes de clássico contra o Corinthians

O Peixe contou com gols de Guilherme — um de pênalti — para vencer por 2 a 0

Assim, o Alvinegro Praiano vence a segunda consecutiva no Estadual

Assim, o Alvinegro Praiano vence a segunda consecutiva no Estadual

Neste domingo (4), o Santos voltou a receber o Guarani na Vila Belmiro após 11 anos. Pela quinta rodada do Campeonato Paulista, o Peixe contou com gols de Guilherme — um de pênalti — para vencer por 2 a 0 e chegar embalado para o clássico contra o Corinthians.

Assim, o Alvinegro Praiano vence a segunda consecutiva no Estadual e abre ainda mais vantagem na liderança do Grupo A. Com 12 pontos somados, o time está oito à frente do Ituano, segundo colocado.

Por outro lado, o Bugre amarga a segunda derrota seguida. Com isso, está na lanterna do Grupo B e soma apenas quatro unidades na competição — seis atrás do líder Palmeiras e três do Água Santa, segundo lugar da chave.

Na próxima rodada, portanto, o Santos faz clássico contra o Corinthians, às 19h30 (de Brasília) de quarta-feira (7), na Vila Belmiro. Na quinta (8), o Guarani recebe a Inter de Limeira, a partir das 21h30, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Apesar de um ímpeto inicial pelo lado santista, foi o Guarani que levou perigo pela primeira vez na partida. Logo aos dois minutos, Reinaldo cobrou escanteio na primeira trave, e a sobra ficou com Derek, que bateu de dentro da área, no cantinho direito de João Paulo. O goleiro do Peixe se atirou para fazer boa defesa.

Nove minutos mais tarde, o Bugre assustou mais uma vez, dessa vez com Anderson Leite. O volante recebeu passe de Reinaldo e finalizou cruzado, mas mandou a bola rente à trave alvinegra. Aos 19, o Santos respondeu em contra-ataque. Cazares acionou Guilherme, que bateu para defesa de Douglas Borges. No rebote, Furch disputou a bola com Rayan, mas acabou fazendo a falta.

Aos 29, Derek recebeu bom cruzamento da direita, mas desperdiçou a oportunidade cabeceando para fora. Novamente, a resposta do Peixe foi rápida e perigosa. Felipe Jonatan cruzou, a defesa bugrina afastou e Diego Pituca ficou com a sobra, mandando chute, com desvio, no travessão.

Ainda no primeiro tempo, aos 42 minutos, Aderlan aproveitou bola cruzada da esquerda e mandou de primeira para Otero, que chegou batendo na marca do pênalti, mas pela linha de fundo. Aos 44, Joaquim subiu em escanteio e cabeceou à esquerda da trave de Douglas Borges.

Na volta do intervalo, aos dez minutos, o Santos teve pênalti assinalado a seu favor. Guilherme foi lançado por Joaquim nas costas do lateral direito Heitor, colocou na frente e invadiu a área. O atacante do Peixe foi derrubado, e a penalidade marcada. Na cobrança, o próprio camisa 11 deslocou o goleiro do Guarani e, enfim, abriu o placar na Vila Belmiro.

Aos 19, o Otero cobrou falta direta para o gol, acertou a rede pelo lado de fora e levou perigo para o Alvinegro Praiano. Oito minuto depois, Aderlan lançou Cazares, que mandou de primeira para Willian. O atacante dominou e bateu colocado, mas mandou rente à trave bugrina.

Por fim, aos 36 da etapa complementar, o Santos roubou a posse no meio-campo e a bola chegou até Morelos, que dominou e acionou Guilherme na medida. O atacante invadiu a área e tocou por entre as pernas de Douglas Borges para dar números finais ao confronto.

COMPARTILHE

Bombando em Esporte

1

Esporte

Com gol no apagar das luzes, Campinense vence o Nacional de Patos e se afasta do Z-4 no Estadual

2

Esporte

Atlético de Cajazeiras recorre ao TJDF-PB para tentar reverter perda de pontos no Paraibano

3

Esporte

Após empate do Treze com o América-RN na Copa do Nordeste, técnico lamenta: “Merecia a vitória”

4

Esporte

Começam hoje as inscrições para concurso da Caixa com quase 40 vagas na Paraíba e salários de até R$ 11 mil

5

Esporte

Hoje: Fluminense recebe LDU em busca do título da Recopa Sul-Americana