Paraibano

Sousa supera o Botafogo-PB nos pênaltis e conquista o Campeonato Paraibano

Sousa supera o Botafogo-PB nos pênaltis e conquista o Campeonato Paraibano

Sousa campeão Paraibano de 2024 -

Foto: Wellington Faustino/Sousa

Depois de bater na trave em 2023, o Sousa conquistou o Campeonato Paraibano de 2024. Após uma partida intensa, onde o Dino viu o Botafogo-PB empatar nos minutos finais, o Alviverde conquistou a taça nos pênaltis. Dessa forma, o Sousa tornou-se tricampeão Estadual. Tendo conquistado o troféu em 1994, 2009 e agora em 2024.

No tempo normal, Diego Ceará marcou para o Sousa, enquanto que Bruno Leite descontou para o Belo. Nas penalidades, Pipico isolou e Bruno Fuso defendeu a cobrança de Wendel Lamar. Dessa forma, o Sousa conquistou o Estadual após 15 anos. No tempo normal, a partida foi 1 x 1. Nas penalidades, 4 x 3 para o Sousa.

Botafogo-PB x Sousa – Resumo da partida

A primeira chegada da partida foi do Dino. Aos seis minutos, Leozinho ganhou na velocidade de Reniê e finalizou de perna esquerda. A bola passou ao lado do gol de Dalton, levando bastante perigo à meta do Belo. Aos 22, após cruzamento na área, Diego Ceará mandou forte de cabeça, mas a bola acabou saindo.

Sem poder de reação, o Belo só chegou perigo aos 37 minutos. Na cobrança de escanteio na segunda trave, o volante Thallyson mandou de cabeça, a bola desviou em Aruá e todo mundo pediu pênalti. Porém, a arbitragem acabou não marcando o pênalti, mandando a partida seguir normalmente.

Um minuto depois, o Sousa chegou novamente. Iranilson cruzou rasteiro buscando Diego Ceará, que não alcançou a bola que sobrou para Leozinho. Livre, o lateral ficou cara a cara com o gol, mas acabou desperdiçando. Depois desse lance, a partida continuou disputada até o intervalo.

Segundo tempo
Precisando do resultado, o Botafogo-PB se lançou ao ataque na segunda etapa. Aos quatro minutos, Warley cobrou falta com muita força, e Pipico desviou no meio do caminho. A bola passou perto da meta do goleiro Bruno Fuso, do Dinossauro.
Depois desse lance, o Sousa abriu o placar. Aos seis minutos, Diego Ceará fez boa jogada após lançamento de Marcelo Duarte. O camisa 9 tentou o passe, mas a bola acabou voltando e ele abriu o placar. Sem chances para o goleiro Dalton.
Buscando o empate, o Belo revidou aos 15 minutos. Na cobrança de escanteio a pelota sobra limpa para Lenon, que gira, chuta e manda pra fora. Aos 34 minutos, Evandro fez boa jogada e cruza forte. A bola fez uma curva e obrigou o goleiro Bruno Fuso a fazer uma grande defesa.
De tanto martelar, o Botafogo-PB empatou. Aos 39 minutos, Bruno Leite recebeu a bola na entrada da área e encheu o pé para empatar a partida. Levando os torcedores presentes à loucura. Sem um vencedor no tempo normal, a partida acabou indo para as penalidades.

Ficha técnica

Botafogo-PB 1 (3)

Dalton; Lenon, Reniê, Wendel Lomar e Bruno Cardoso (Evandro); Rodrigo, Thallyson (Bruno Mota) e Lucas Siqueira (Bruno Leite); Warley Jr (Paulinho), Pipico e Gustavo Poffo (Gabriel Lima). Técnico: Moacir Júnior

Sousa 1 (4)

Bruno Fuso; Iranílson, Breno Cezar, Marcelo Duarte e Jackson Santos; Hebert Cristian (Michel Potiguar), Leozinho (Adriano Seixas) e Alexandre Aruá (Juninho Paraíba); Felipe Jacaré, Reinaldo (Ewerton Potiguar) e Diego Ceará (Danillo Bala). Técnico: Paulo Schardong

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Assistentes: Nailton Júnior de Sousa (CE) e Rafael da Silva Alves (RS)

VAR: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho (RJ)

Gols: Diego Ceará (SOU); Bruno Leite (BOT)

Cartão amarelo: Lucas Siqueira, Gustavo Poffo, Bruno Leite, Evandro (BOT); Paulo Schardong, Reinaldo, Michel Lima, Jackson Santos, Jackson (SOU)

Cartão vermelho: Hiago Ramiro (SOU)

COMPARTILHE

Bombando em Esporte

1

Esporte

Em partida marcada por pênalti duvidoso, Sousa perde para o Santa Cruz-RN

2

Esporte

Sousa-PB reclama de pênalti na Série D: “Credibilidade dessa partida está em xeque”

3

Esporte

STF nega pedido do Flamengo e mantém Sport como único campeão de 1987

4

Esporte

Após mandato polêmico, Lênin Correia renuncia à presidência do Campinense

5

Esporte

Narrador esportivo Silvio Luiz morre aos 89 anos