Campeonato Paraibano

Vestiário do Sousa é atingido por bomba e clube pede providências

A bomba foi arremessada para dentro do vestiário do Sousa após a vitória contra o Atlético Cajazeiras

Vestiário do Sousa é atingido por bomba, no Perpetão

Foto: Reprodução/Twitter Sousa

Após a vitória do Sousa contra o Atlético Cajazeiras neste domingo (3), no Estádio Perpetão, o vestiário do Dinossauro foi atingido por uma bomba. Nas redes sociais, o clube repudiou a atitude e cobrou providências.

“Ao final do jogo uma bomba foi arremessada dentro do vestiário do Sousa E. Clube. Repudiamos esse tipo de agressão seja a torcedores e principalmente a trabalhadores que estão exercendo a sua profissão. É lamentável que algo assim ocorra na Paraíba. Aguardemos as providências”, escreveu o clube no perfil do X, antigo Twitter.

O clube publicou também uma foto do pequeno espaço que a bomba foi arremessada no vestiário do Perpetão. Ainda não há detalhes sobre quem teria jogado ou se a ação partiu de algum torcedor.

Vestiário do Sousa é atingido por bomba, no Perpetão
Foto: Reprodução/Twitter Sousa

Sousa x Atlético Cajazeiras

Dentro de campo, o Dino venceu o Atlético pelo placar de 2 x 1. Os gols foram marcados por Diego Ceará e Juninho, para o Dino, e Tanque, para o Trovão Azul.

O Dino conseguiu subir para sexto lugar, com 9 pontos, enquanto o Atlético está rebaixado e com pontos negativos.

A situação do Trovão Azul no Paraibano é preocupante. O clube foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB) após escalar um jogador irregular. O clube perdeu 13 pontos e foi rebaixado para a Série B do Estadual.

COMPARTILHE

Bombando em Esporte

1

Esporte

STF nega pedido do Flamengo e mantém Sport como único campeão de 1987

2

Esporte

Após mandato polêmico, Lênin Correia renuncia à presidência do Campinense

3

Esporte

Narrador esportivo Silvio Luiz morre aos 89 anos

4

Esporte

Departamento Médico do Botafogo-PB atualiza situação dos atletas; veja detalhes

5

Esporte

Com mandato até outubro de 2025, Suélio Félix renuncia à presidência do Nacional de Patos