Tragédia

Morre bebê que foi atropelado junto com o pai brasileiro e a família nos Estados Unidos

Uma família, composta de pai brasileiro e mãe portuguesa, e seus dois filhos morreram atropelados em São Francisco, nos EUA. Uma mulher de 78 anos conduzia o carro e foi detida sob acusações de homicídio culposo com veículo.

bebê

Foto: Reprodução/Redes sociais

Morreu na quarta-feira, 20, o bebê de 6 meses que estava hospitalizado após ele e sua família serem atropelados em São Francisco, nos Estados Unidos. A informação foi dada pela polícia local a veículos de imprensa norte-americanos.

O bebê, que não teve o nome divulgado, era filho do brasileiro Diego Cardoso de Oliveira, de 40 anos, e da portuguesa Matilde Ramos Pinto, de 38, que morreram ainda no dia do acidente, assim como o filho mais velho do casal, Joaquin Ramos Pinto de Oliveira, de 1 ano.

Segundo relatos de amigos à polícia, a família estava esperando em um ponto de ônibus no último sábado, 16, para ir ao zoológico, como parte da comemoração do aniversário de quatro anos de casamento, quando foram atingidos. Diego e o filho morreram no local. Matilde e o bebê chegaram a ser levados ao hospital, mas não resistiram.

“Eu escutei (o barulho). Estava sentada logo ali. Eu me inclinei em direção ao som. Vi vários destroços. Foi a coisa mais gráfica, intensa e horrível que já vi na minha vida”, disse uma testemunha –que teve a identidade preservada– à emissora norte-americana ABC.

Outras pessoas também ficaram feridas, com menos gravidade.

Motorista foi presa

A motorista do carro que atropelou a família foi identificada como Mary Fong Lau, de 78 anos. Ela se deslocava na contramão, com uma velocidade entre 70 e 80 km/h, quando atingiu a família. Mary conduzia um Mercedes SUV branco e foi detida no último domingo, 17, sob acusações de homicídio culposo com veículo, direção imprudente com lesão corporal grave e violações de trânsito adicionais.

Segundo as autoridades, Mary Fong Lau estava dirigindo quando perdeu o controle e colidiu com o ponto de ônibus. Ainda segundo relatos de testemunhas, o carro chegou a bater no muro de uma biblioteca antes de atingir o ponto.

“Este incidente foi uma tragédia devastadora. O Departamento de Polícia de São Francisco expressa suas mais profundas condolências às vítimas, suas famílias e entes queridos, e a todos no local que testemunharam e ajudaram os socorristas”, disse o órgão em um comunicado à imprensa.

Na terça-feira, 19, a condutora que causou o acidente divulgou um comunicado por meio de seu advogado, segundo a CBS News:

“A Sra. Lau e sua família unem-se à comunidade no luto pela trágica perda de vidas que ocorreu no Portal Oeste no fim de semana. Expressamos nossa gratidão ao Departamento de Polícia de São Francisco, ao Corpo de Bombeiros de São Francisco e a todos os outros socorristas que responderam ao local, e ao Gabinete do Procurador Distrital de São Francisco por realizar uma investigação diligente e completa sobre as circunstâncias que levaram a este trágico acidente. A Sra. Lau tem cooperado totalmente com os investigadores e continuará a fazê-lo. Embora seja compreensível buscar mais informações sobre as causas deste acidente devastador, a Sra. Lau e sua família solicitam respeitosamente privacidade durante este momento difícil, à medida que os investigadores continuam a coletar informações relevantes.”

A comunidade da região fez uma vigília no local do acidente e deixou diversos presentes em homenagem à família que perdeu a vida.

Confira também

 

 

Por Terra

COMPARTILHE

Bombando em Mundo

1

Mundo

Israel aumentou em 5% a compra de armas desde 2019; Irã fez maior compra de caças em 20 anos

2

Mundo

Descoberta em pirâmide revela colapso dramático da dinastia maia

3

Mundo

VÍDEO: Indonésia emite alerta de tsunami após erupção de vulcão

4

Mundo

Alagamentos em Dubai: ‘Semeadura de nuvens’ pode ser causa da pior chuva na história da cidade, diz agência

5

Mundo

Alexandre de Moraes autoriza que representantes do X no Brasil sejam ouvidos sobre Musk