Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Pontífice

Papa diz que compartilhar bens 'não é comunismo, mas cristianismo' em missa com presos e refugiados

Francisco também destacou a importância para os cristãos da misericórdia e de servir os demais.

O papa, que tem 84 anos e foi vacinado contra o coronavírus antes de sua viagem ao Iraque no início de março, não usou máscara durante a missa, segundo a agência de notícias France Presse. (Foto: Divulgação)

Por

O papa Francisco fez uma saída incomum do Vaticano neste domingo (11) para celebrar a missa do 'Domingo da Misericórdia' com presos, refugiados e profissionais da saúde.

Durante a celebração, o pontífice lembrou que os primeiros cristãos não tinham o conceito de propriedade privada e compartilhavam tudo. "Isso não é comunismo, mas puro cristianismo", afirmou.

Francisco também destacou a importância para os cristãos da misericórdia e de servir os demais.

"Não podemos permanecer indiferentes. Não podemos viver uma meia fé, que recebe, mas não dá (...). Tendo recebido misericórdia, vamos nos tornar misericordiosos", pediu o papa.

A missa foi realizada em uma igreja próxima à Praça de São Pedro. Entre o público, com cerca de 80 pessoas por causa das medidas de prevenção ao coronavírus, havia presos de dois presídios de Roma e de um centro de detenção de jovens, assim como refugiados da Síria, Nigéria e Egito e profissionais da saúde de um hospital próximo.

O papa, que tem 84 anos e foi vacinado contra o coronavírus antes de sua viagem ao Iraque no início de março, não usou máscara durante a missa, segundo a agência de notícias France Presse.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Coronavírus: por que nova variante detectada na África do Sul pode ser 'pior já existente'

Bélgica detecta primeiro caso de nova variante da Covid-19 na Europa

Medo de nova variante de Covid faz países barrarem voos da África

Vulcão espanhol tem novo fluxo de lava e preocupa especialistas