Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

EUA

'Putin está planejando isso há meses' diz Biden em novo pronunciamento sobre o conflito na Ucrânia

Após a investida de forças da Rússia o presidente dos EUA anunciou que irá aumentar as sanções e limitar as transações em dólar para empresas russas.

Joe Biden, presidente americano, durante discurso na Casa Branca nesta quinta-feira (24). (Foto: Leah Millis/Reuters)

Por

O presidente americano, Joe Biden, voltou a se pronunciar sobre a invasão da Rússia ao território da Ucrânia. Em discurso concedido na Casa Branca nesta quinta-feira (24) ele comentou sobre as novas ameaças que Putin ordenou.

“Este é um ataque premeditado”, disse Biden. “Vladimir Putin está planejando isso há meses.”

Como resposta, o presidente americano anunciou que vai limitar as transações em dólar para empresas russas.

Joe Biden, presidente americano, durante discurso na Casa Branca nesta quinta-feira (24) — Foto: Leah Millis/Reuters

O democrata anunciou também que irá divulgar ainda mais sanções contra a Rússia. Biden também fez questão de reforçar que suas tropas não irão entrar em combate na Ucrânia, mas que irão defender os aliados da Otan no leste europeu.

“Putin é o agressor. Putin escolheu esta guerra. E agora ele e seu país arcarão com as consequências”, disse Biden.

Primeiro pronunciamento

Anteriormente, logo após o início dos ataques russos, o presidente americano havia divulgado um comunicado onde condenou a decisão de Putin de invadir a Ucrânia.

Biden afirmou que "Putin escolheu uma guerra que trará perdas de vidas e sofrimento. O presidente norte-americano disse também que EUA e seus aliados responderão de forma unida e decisiva. "O mundo responsabilizará a Rússia", disse.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Floresta pega fogo em Berlim após explosão de depósito de munições

Bomba da Segunda Guerra Mundial aparece nas águas do rio Pó na Itália

Cachorros participam de campeonato de surfe na Califórnia

China prossegue com exercícios militares ao redor de Taiwan