Eleições

“Quase caí no sono” diz Joe Biden sobre desempenho em debate

Presidente dos EUA culpa viagens internacionais por desempenho ruim em debate presidencial.

"Quase caí no sono” diz Joe Biden sobre desempenho em debate

O presidente dos EUA, Joe Biden, reconheceu na terça-feira (2) que seu desempenho durante o debate presidencial da última quinta-feira (27) não foi o melhor, mas culpou o cansaço após duas viagens ao exterior no início de junho.

Biden tem enfrentado dúvidas crescentes sobre sua candidatura à reeleição em 2024, após o desempenho instável no debate da semana passada, com um colega democrata na Câmara dos Deputados pedindo publicamente na terça-feira que ele se retirasse da disputa.

Falando num evento de campanha em McLean, Virgínia, na noite de terça-feira, Biden admitiu que o debate contra o ex-presidente Donald Trump, seu rival republicano, não correu bem.

“Não tive a minha melhor noite, mas o fato é que, você sabe, não fui muito inteligente”, disse Biden, falando na angariação de fundos da campanha sem a ajuda de um teleprompter.

“Não dei ouvidos à minha equipe e voltei e quase adormeci no palco”, disse ele. “Isso não é desculpa, mas é uma explicação”.

Biden foi para França e Itália durante duas viagens separadas no espaço de duas semanas no mês passado, voando durante a noite da Cúpula do Grupo dos Sete em Bari, Itália, para aparecer numa angariação de fundos com o ex-presidente Barack Obama em Los Angeles, em 15 de junho, antes de regressar para Washington no dia seguinte.

Ele então passou seis dias em Camp David se preparando para o debate de 27 de junho.

Funcionários da Casa Branca atribuíram a um resfriado o desempenho hesitante de Biden durante o debate. Biden não mencionou estar doente durante a arrecadação de fundos de terça-feira.

Uma nova pesquisa Reuters/Ipsos encerrada na terça-feira mostrou que um em cada três democratas acha que Biden deveria encerrar sua tentativa de reeleição após o debate, mas nenhum democrata proeminente se sai melhor do que Biden em um hipotético confronto contra Trump.

A sondagem de dois dias revelou que tanto Trump, de 78 anos, como Biden, de 81, mantêm o apoio de 40% dos eleitores registados, sugerindo que Biden não perdeu terreno desde o debate. O dia da eleição é 5 de novembro.

CNN

COMPARTILHE

Bombando em Mundo

1

Mundo

Além de vice, Trump vê em J.D. Vance, de 39 anos, seu herdeiro político

2

Mundo

Cabo Gilberto classifica tiroteio em comício de Trump como “terrorismo” e diz que há ligações com a esquerda

3

Mundo

Meta retira restrições severas às contas de Trump no Facebook e no Instagram por causa da campanha eleitoral

4

Mundo

Quem era Thomas Matthew Crooks, atirador que tentou assassinar Trump

5

Mundo

Joe Biden fala com Trump após tiroteio, diz Casa Branca