Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Orlando

Rose Miriam diz que filhas de Gugu vão se iniciar em culto religioso nos EUA

A mãe dos filhos de Gugu Liberato (1959-2019) também faz parte da igreja, que realiza cerimônias em inglês, espanhol e português.

Os participantes são "conectados pelo amor e pela verdade do evangelho". (Foto: Reprodução)

Por

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Rose Miriam, 57, informou aos seguidores de suas redes sociais que as gêmeas Marina e Sofia Liberato, 16, vão passar a frequentar os cultos da Igreja da Família de Orlando, no estado da Flórida (Estados Unidos), onde moram. A mãe dos filhos de Gugu Liberato (1959-2019) também faz parte da igreja, que realiza cerimônias em inglês, espanhol e português.

A médica comemorou a visita do pastor Lécio Dornas na casa da família na noite de sábado (28). O religioso estava acompanhado da filha Sarah, que lidera o grupo de jovens da igreja.
"Recebemos hoje em casa o nosso querido pastor Lécio Dornas", disse. "Jantamos, conversamos muito e depois fizemos uma linda e abençoada oração!"

"Minhas filhas e também Felipe e Gabriel [namorados das garotas] vão iniciar nos cultos dos jovens na nossa Igreja da Família", afirmou. "Esteve conosco também Sarah que é a filha do pastor que lidera o grupo dos jovens."

"Estou em oração permanente para que meus filhos venham a fazer parte do corpo de Cristo", comentou. "Sei que Deus está preparando."

De acordo com o site oficial, a denominação religiosa acredita em "família" como um termo mais amplo que apenas o de sangue. "Temos o compromisso de ajudar as pessoas a descobrirem uma nova definição do que a família pode significar para elas como seguidoras de Cristo", afirmam.

Os participantes são "conectados pelo amor e pela verdade do evangelho". Eles estimulam o "sentimento de pertencer a uma comunidade de pessoas que te amam, te aceitam, te discipulam e aprendem com você".


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

EUA tentarão voltar ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, diz secretário de Estado

Fadiga de metal é principal suspeita em falha de motor do avião da United Airlines

Absorventes serão gratuitos para as estudantes na França

Reino Unido se prepara para sair do lockdown após queda de 81% nos casos de Covid-19